TAPIRAPE FM

terça-feira, 22 de junho de 2010

TRE/MT abre inscrição para o Programa Mesários Voluntários

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT) informa que estão abertas as inscrições para o Programa Mesários Voluntários - Eleições/2010. O interessado em trabalhar nas eleições por iniciativa própria deve fazer sua inscrição pelo site: www.tre-mt.jus.br ou procurar o cartório eleitoral mais próximo de sua residência.

O eleitor que participar do programa receberá os benefícios oferecidos aos cidadãos que trabalham nas Eleições, tais como: 02 (dois) dias de folga para cada dia de treinamento; 02 (dois) dias de folga para cada dia trabalhado na Eleição; e Certificado de serviço prestado a Justiça Eleitoral.

Para os estudantes, o programa prevê a possibilidade de utilização das horas trabalhadas nas eleições como atividade curricular complementar. Para tanto, é necessário que instituição de ensino superior firme um convênio com o TRE/MT.

Segundo o coordenador do Grupo de Trabalho do TRE/MT responsável pela implementação do programa, Maksen Augusto do Nascimento já existe a solicitação de seis universidades para assinatura do convênio com a Justiça Eleitoral.

Outra vantagem concedida ao eleitor que trabalha nas eleições é a preferência no desempate em alguns concursos públicos, se o benefício estiver previsto no edital.

Todos os eleitores interessados em participar das eleições podem se inscrever no programa até o dia 06 de agosto. É importante ressaltar que o mesário voluntário será lotado, se possível, no mesmo local onde está designado para votar.

'O Programa Mesário Voluntário tem conseguido atrair várias pessoas dispostas a trabalhar nas eleições, seja pelos benefícios concedidos aos eleitores, seja pelo exercício da cidadania. Em algumas cidades do Estado, por exemplo, 100% das pessoas que trabalharam no pleito eram mesários voluntários não havendo, portanto, necessidade de convocação obrigatória", destacou Maksen.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Provas do vestibular da Unemat serão nos dias 4 e 5 de julho


Candidatos que já efetuaram a inscrição no vestibular da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) devem ficar atentos à mudança nas datas. O concurso será realizado em etapa única nos dias 4 e 5 de julho. A alteração no calendário de provas foi divulgada por meio do Edital Complementar n° 003/2010 – Covest.
O vestibular consta de nove provas objetivas e uma de interpretação de textos. No domingo (4) haverá provas de Física, Biologia, Matemática, Geografia e Língua Estrangeira. Já na segunda-feira (05) as questões abordarão Química, História, Língua Portuguesa, Literatura e Interpretação de Textos. O candidato poderá optar por realizar o concurso em 13 municípios, onde têm campi ou polos da Unemat, além da capital Cuiabá.
O gabarito preliminar das provas objetivas será divulgado a partir de 6 de julho, o desempenho geral dos candidatos, a partir do dia 13 e o resultado final será publicado no dia 23 do mesmo mês.
As inscrições terminaram na segunda-feira e são oferecidas 2.485 vagas em cursos regulares e na modalidade a distância, por meio de convênio com a Universidade Aberta do Brasil (UAB/Capes). Do total de vagas, 1800 estão distribuídas entre 44 cursos regulares da Unemat, em diferentes áreas do conhecimento, ministrados nos campi universitários de Cáceres, Sinop, Tangará da Serra, Alto Araguaia, Alta Floresta, Pontes e Lacerda, Nova Xavantina, Barra do Bugres, Juara e Colíder.
As outras 685 vagas são oferecidas na modalidade a distância, para os cursos de licenciatura em Biologia, Física e bacharelado em Administração Pública, a serem desenvolvidas em pólos de apoio presencial da UAB, instalados nos municípios de Cáceres, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Guarantã do Norte, Jauru, Juara, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda e Sorriso.
Autor:Redação site TVCA

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Aberta consulta pública para ampliar faixa etária de doadores de sangue

Um documento que prevê a inclusão de jovens de 16 e 17 anos (mediante autorização dos pais) e de idosos entre 65 e 68 anos como possíveis doadores de sangue já está disponível para consulta pública.
Atualmente, apenas pessoas com idade entre 18 e 65 anos estão autorizadas a fazer doação. Por ano, são coletadas 3,5 milhões de bolsas de sangue no país. Com a ampliação, a expectativa é de que cerca de 13,9 milhões de pessoas sejam estimuladas a doar sangue – aproximadamente 1,8% da população brasileira.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que para manter os estoques regulares de sangue é preciso que entre 1% e 3% da população faça doação regularmente. Assim, o ideal seria que o país coletasse, anualmente, 5,7 milhões de bolsas.
A proposta – disponível para consulta pública até 2 de agosto – prevê ainda que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fique responsável pelo controle e pela fiscalização dos serviços de coleta de sangue, e não mais o próprio Ministério da Saúde.
Outra novidade é um atendimento mais humanizado aos doadores, sobretudo às pessoas com necessidades especiais. Além da instalação de rampas de acesso, haverá uma triagem realizada por um profissional habilitado em linguagem de sinais e distribuição de material informativo em braille.
Para doar sangue, o voluntário deve procurar o hemocentro mais próximo de sua residência. Antes de doar, o candidato passa por uma entrevista médica para controle de qualidade do sangue coletado. Em cada doação são retirados, em média, 450 mililitros de sangue. O ideal é que cada pessoa doe duas vezes ao ano.
Autor:Agência Brasil