quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Sem chuva, produtores de soja em MT precisam replantar parte da lavoura


A falta de chuvas regulares no município de Vera, a 486 km de Cuiabá, levou produtores de soja a refazer o plantio de parte da lavoura. Até a última quinta-feira (24), dos 138,7 mil hectares que devem ser semeados no município nesta safra, 60% tinham sido cultivados, segundo acompanhamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).
De acordo com o vice-presidente do Sindicato Rural do município, Vilmar Scherer, a situação nas últimas semanas era de desespero. “O intervalo entre uma chuva e outra chegava a 15 dias e, quando chovia, não era muito. Poucos que se arriscaram tiveram sorte. Muitos produtores tiveram que replantar a soja”.

saiba mais

Scherer lembra que em 2012 os agricultores enfrentaram o mesmo problema. “No ano passado as chuvas também não foram constantes, a diferença é que o plantio no município estava adiantado e os danos ao desenvolvimento das lavouras foram pequenos”.

Nesta semana houve mudanças nas condições climáticas em Vera. “Há dois dias as chuvas voltaram e os produtores começaram a se acalmar”. O impacto do problema da falta de chuvas no desempenho das lavouras ainda não pode ser quantificado. “Tudo vai depender de como serão os próximos dias. O agricultor que ainda não semeou a soja e que plantaria o milho no começo do ano já está sem tempo”.
O produtor Armando Mora semeou 800 hectares de soja nesta temporada e teve que replantar em algumas áreas. “Em 55 hectares o trabalho precisou ser feito três vezes. Em outros 40, uma vez. Agora a situação normalizou e tudo está indo bem”.


Clima
Conforme o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), na próxima semana a possibilidade de ocorrência de chuvas no município de Vera está na casa dos 80% e a temperatura deve ficar entre os 20°C e 32°C.

No mês de novembro o índice pluviométrico para a região norte de Mato Grosso, onde fica o município de Vera, está previsto entre 250 e 300 milímetros de chuva por metro quadrado.
Do G1 MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário