TAPIRAPE FM

sábado, 29 de novembro de 2014

03º Rally Ecológico de Motos movimenta o Norte Araguaia neste final de semana

Pelo 03º ano consecutivo, Vila Rica e a região Norte Araguaia vão realizar o Rally Ecológico de Motos.
Para esta edição que será realizada nos dias 29 e 30 de novembro, o percurso elaborado,  terá a saída do centro da cidade, na praça da Bíblia,  a partir das 15 horas, percorrendo várias localidades dos municípios de Vila Rica, e Santa Terezinha totalizando 130 km somente de ida, e com retorno no  último dia.
O passeio deverá ter a participação de aproximadamente 150 veículos entre carros e motos, com estimativa de 300 pessoas, entre ralízeiros, equipe de apoio e organizadores, durante o percurso, os pilotos vão mostrar suas habilidades nos diversos encalços das estradas.
Idealizado pelo promotor de eventos e vereador Janovan Rios, o passeio tem o apoio do Prefeito Municipal Luciano Alencar, que deve acompanhar os ralízeiros no primeiro dia, a Secretaria Municipal de Saúde e a Polícia Militar estarão dando suporte para a realização do evento, com ambulância e viaturas.
O promotor e organizador do evento, Janovan Rios disse ao Jornal da Noticia que “todas as ações do rally estão direcionadas a prática saudável de esporte, locomoção e lazer, e o que mais se destaca são a conscientização da preservação da natureza e o intercâmbio cultural entre os participantes”.

Por: Jornal da Notícia

Irmãos de ministro depõem à PF e negam envolvimento em fraudes

Os pecuaristas Odair e Milton Geller, irmãos do ministro da Agricultura, Neri Geller, presos durante a Operação Terra Prometida, negaram em depoimento à Polícia Federal qualquer envolvimento com um esquema de fraudes em lotes da União destinados à reforma agrária. Eles tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça e passaram a noite de quinta-feira na cadeia. Nesta sexta, eles prestaram depoimento ao delegado Hércules Ferreira Sodré, responsável pelas investigações, no Centro de Custódia de Cuiabá, onde estão presos.

De acordo com o delegado, os irmãos Geller alegaram que não são proprietários dos 15 lotes de um assentamento no município de Itanhangá, a 447 km da capital, conforme denúncia do Ministério Público Federal (MPF). As terras seriam exploradas para monoculturas, como de soja e de milho. Durante a operação, deflagrada nesta quinta, policiais federais foram até as casas deles, em Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, a 269 e 360 km da capital, porém, os pecuaristas não estavam. Na casa de Odair Geller, em Lucas do Rio Verde, foram apreendidos documentos.

Em depoimento, os irmãos também negaram o suposto envolvimento do Ministro da Agricultura, Neri Geller, na apropriação de lotes da União. O nome do ministro foi citado durante a investigação, conforme o Ministério Público Federal, por testemunhas que disseram que ele seria proprietário de lotes no assentamento. Dessa forma, o processo foi desmembrado e remetido para o Supremo Tribunal Federal (STF).

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento informou, por meio de nota, que o ministro Neri Geller não foi arrolado na “Operação Terra Prometida”. Ainda de acordo com o órgão, Geller lamentou a presença de familiares entre os investigados e disse não acreditar na participação dos mesmos em qualquer irregularidade. Afirmou também que não tem associação jurídica ou outro tipo de sociedade com os envolvidos no processo.

O delegado federal informou que Odair e Milton Geller foram indiciados pelos crimes de invasão de terras, estelionato majorado, formação de quadrilha e crimes ambientais. O advogado Murilo Freire, que atua na defesa dos irmãos Geller, disse que seus clientes estão convictos de que a acusação é injusta e que nunca exploraram terras da União.

A operação Terra Prometida combate crimes de corrupção, fraudes, invasão de terras públicas e crimes ambientais. Ao todo, a Justiça Federal expediu 52 mandados judiciais de prisão, 146 mandados de busca e apreensão e 29 de medidas proibitivas. Além de Cuiabá e outras nove cidades de Mato Grosso, os mandados foram expedidos para cumprimento em cidades nos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Grupos

Conforme a denúncia apresentada pelo MPF à Justiça Federal, a quadrilha se divide em pelo menos quatro núcleos. O primeiro seria formado por fazendeiros e empresários que, por sua vez, estariam subdivididos entre “liderança” (com 14 pessoas) e “segundo escalão” (com 62 pessoas). O segundo núcleo seria formado por quatro sindicalistas (um deles também atuaria como integrante do primeiro núcleo). O terceiro núcleo seria de quatro servidores públicos. Já o quarto núcleo da organização criminosa consistiria em apenas uma pessoa, considerada “colaboradora”.


Odair e Milton Geller fariam parte do grupo do primeiro núcleo da quadrilha, composto por empresários e fazendeiros. Porém, no 'segundo escalão'. Não estão entre os líderes da organização. Confome a PF, o esquema era operado, basicamente, por pessoas ligadas ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Itanhangá e ao serviço social da prefeitura municipal daquele município, que elaboravam listas com nomes de 'laranjas' que, em nome de fazendeiros, falsificavam 'cartas de desistência' e declaração de aptidão ao Incra.


Depois disso, servidores do Incra faziam uma vistoria fictícia para comprovar a posse dos 'laranjas', que após cadastrados no sistema do órgão, eram homologados e emitidos na posse. Entretanto, quando o documento do Incra era emitido, o fazendeiro já estava ocupando e produzindo nas parcelas reconcentradas. A estimativa da PF é de que 80 fazendeiros tenham ocupado cerca de mil lotes da União. Um deles teria obtido 55 lotes e regularizado essas áreas com o apoio de servidores. O grupo de latifundiários teria usado da influência e poder econômico para aliciar, coagir e ameaçar outros pessoas para obter lotes.

Kelly MartinsDo G1 MT

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Pecuarista é executado com quatro tiros por homem desconhecido em Bom Jesus do Araguaia

Murilo Fernandes Vilela, 27 anos, foi morto com quatro tiros na noite desta terça-feira, (25), quando estava reunido com amigos em um restaurante no centro do município de Bom Jesus do Araguaia, o crime teria ocorrido por volta das 19hs45min.

De acordo com informações repassadas ao Site Agência da Notícia, um homem não identificado teria chegado na mesa onde Murilo estava anunciado um assalto, mas acabou atirando quatro vezes om o pecuarista que não resistiu o morreu no local.

O primeiro tiro teria sido disparado na cabeça de Murilo e ao cair o assassino disparou mais 3 tiros no peito da vítima. Logo em seguida o suspeito saiu andando tranquilamente e sumiu em um beco escuro.

A Polícia Civil de Bom Jesus do Araguaia descartou a hipótese de assalto já que o bandido fugiu sem levar nada da vítima e dos outros clientes, a polícia acredita que o crime tenha sido execução pela forma que ocorreu.

Murilo Vilela que era bastante conhecido na cidade não tinha passagem pela polícia e era bem visto pelo sociedade além de ter uma família trabalhadora.

A Polícia Civil continua as investigações, testemunhas serão ouvidas nas próximas horas.

Agência da Notícia com Leandro Kervalt

Vereadores e servidores da Câmara de Vila Rica participam de eventos de capacitação em Cuiabá

Vereadores e servidores da Câmara de Vila Rica participam de eventos de capacitação em Cuiabá.
Os vereadores de Vila Rica Luciano de Souza Silveira (SD), Presidente da Câmara, e Laurindo José Demborguski (PR), estão na capital Cuiabá acompanhados dos servidores do Legislativo municipal Soadimar Pizzato e Soadegar Pizzato participando de dois eventos importantes de capacitação.
O Primeiro foi o lançamento do projeto "Democracia Ativa" do Tribunal de Contas de Mato Grosso que aconteceu na tarde de terça-feira, dia 25/11, com a participação de cerca de 300 vereadores do Estado.

O projeto é voltado especificamente para a capacitação dos legisladores municipais, de forma a repassar conhecimento para que possam trabalhar com eficiência na melhoria de vida da sociedade que representam. A proposta foi apresentada pelo ouvidor do TCE-MT, conselheiro Antonio Joaquim, o presidente Waldir Julio Teis e o corregedor Valter Albano.

Ao fazer a apresentação do projeto "Democracia Ativa", o conselheiro Antonio Joaquim ressaltou o compromisso do Tribunal de Contas em propor melhorias na atuação dos vereadores bem como soluções definitivas para problemas do dia a dia do Legislativo. Antonio Joaquim lembrou que o TCE-MT vem atuando no sentido de orientar os gestores para o Planejamento Estratégico através do Programa de Desenvolvimento Institucional (PDI) bem como da necessidade de dar transparência à gestão em cumprimento da Lei de Acesso à Informação e discutir em audiências públicas as leis orçamentárias. Também foi debatido com os vereadores temas administrativos tais como dotação orçamentária e seus aspectos legais.

No segundo evento os desafios do Sistema Público de Saúde serão discutidos no "II Fórum Municípios e Soluções: Diagnósticos e Desafios do Sistema Público de Saúde em MT", que será realizado pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso. Durante dois dias de programação, 26 e 27 de novembro, os participantes poderão assistir a 19 palestras em cinco painéis temáticos com especialistas, representantes de conselhos, de profissionais da saúde e gestores com experiência bem sucedida. O evento ocorrerá no Hotel Fazenda Mato Grosso.

Em cada painel serão apresentados alguns apontados de diagnósticos realizados pelo TCE-MT durante as auditorias especiais nas políticas e gestões de saúde pública. Em 2014 estão em execução três auditorias especiais que subsidiam os diagnósticos nas áreas de: Regulação Assistencial, Assistência Farmacêutica e Atenção Básica. O trabalho é desenvolvido pela Secretaria de Auditorias Especiais que está visitando 31 Unidades Básicas de Saúde de 12 municípios do Estado com o objetivo de verificar os principais fatores que influenciam nos indicadores sociais de políticas públicas.

A metodologia para coleta de informações consiste nas observações das unidades quanto ao funcionamento e atendimento, no exame da infraestrutura física e em entrevistas estruturadas ao secretário Estadual de Saúde/Gestor Estadual da Atenção Básica, membros das equipes de monitoramento e avaliação da Secretaria Estadual, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes de saúde, membros do Conselho Estadual de Saúde e dos Conselhos Municipais de Saúde.


Para o presidente da Câmara de Vila Rica, vereador Luciano de Souza Silveira a participação nos dois eventos é de grande importância, pois o conteúdo abordado irá contribuir muito com o trabalho dos vereadores e corpo técnico do legislativo municipal. “Durante os dois anos que estive na presidência da câmara municipal a capacitação técnica dos servidores legislativos tem sido uma das minhas maiores preocupações, quanto maior o conhecimento técnico os servidores tiverem maior a e eficiência e a segurança na realização dos trabalhos” destacou Luciano.

Por: Ouvidoria Legistativa

Município de Querência fará concurso para preencher 273 vagas

A Prefeitura de Querência - MT, realizará concurso público para o preenchimento de 273 vagas, sendo 119 para cargos com exigência de ensino fundamental incompleto, 20 para fundamental completo, 85 para ensino médio e 49 para nível superior. O processo está em fase de licitação para escolha da organizadora, que será por meio de pregão presencial, com abertura dos envelopes marcada para esta sexta-feira, dia 28/11. A data de publicação do edital será divulgada após a definição da banca.
As remunerações ainda não foram divulgadas, mas os cargos e o número de vagas já estão certos. Quem possui ensino fundamental incompleto poderá concorrer a agente de limpeza escolar (26 vagas), agente de limpeza urbana (15), agente de manutenção (2),  agente de serviços diversos de saúde (6), agente de serviços gerais (15), auxiliar de eletricista (1), auxiliar de pedreiro (4), auxiliar de serviços gerais (5), chapeiro/lanterneiro (1), costureira (1), frentista (1), lavador (1), mecânico de máquinas pesadas (2), mecânico de veículos leves (2), motorista “D” (10), motorista “E” (1),motorista “D” lubrificador (1), operador de escavadeira hidráulica (1), operador de máquinas (3), operador de motoniveladora (2), operador de motoniveladora de base (1), pedreiro (5), pintor (1), soldador (1), tratorista (4), vigia (4), vigia de saúde (2) e zelador (1).
Para fundamental completo, as vagas são para: agente de manutenção de sistemas de água e esgoto (3), agente de manutenção escolar (5), agente de nutrição escolar (5), eletricista (1), leiturista (2) e motorista de ambulância “C” (4).
No caso de ensino médio, há vagas para agente administrativo (4), agente administrativo de saúde (1), atendente de farmácia (2), atendente de recepção de saúde (7), auxiliar administrativo de saúde (1), auxiliar de saúde bucal (4), fiscal de  inspeção sanitária (2), fiscal de obras e posturas (2), fiscal de tributos (4), motorista escolar “D” (16), operador de sistema de água e esgoto (5), recepcionista (1), técnico administrativo (5), técnico administrativo educacional (9), técnico administrativo da saúde (1), técnico agrícola (cadastro), técnico de enfermagem (18), técnico de radiologia (1), técnico de saúde bucal (1) e técnico em segurança do trabalho (1).
Por fim, para nível superior: professor de pedagogia (19), psicólogo (2), químico (1), tecnólogo em gestão de recursos humanos (1), agrônomo (cadastro), arquiteto (1), assessor jurídico (1), assistente administrativo (3), assistente social (2), enfermeiro (5), engenheiro ambiental (cadastro), engenheiro civil (1), engenheiro sanitarista (cadastro), farmacêutico bioquímico (1), fisioterapeuta (2), fonoaudiólogo (1), médico clínico geral (4), médico veterinário (1) e odontólogo (4).

Para todos os cargos, a seleção contará com provas objetivas, compostas de 40 questões. Para algumas opções, também poderão ocorrer provas práticas, de digitação, aptidão física ou análise de títulos.

Por: Agência JC&E

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Meninas de 12 e 13 anos têm até dezembro para receber a vacina contra o HPV

Meninas na faixa etária de 12 e 13 anos têm até o fim do mês de dezembro para receber a vacina contra o HPV. A partir de 1º de janeiro de 2015, essa imunização só estará disponível na rede pública para meninas de 9 a 11 anos, e em 2016, só meninas de 9 anos terão acesso à vacina. Segundo o ministro da Saúde, Arthur Chioro, essa é a idade preconizada pela Organização Mundial da Saúde.  
Em 2014, a vacina passou a fazer parte do calendário de imunização, portanto, mesmo as meninas de 11 a 13 anos que ainda não tomaram a primeira dose poderão procurar um posto. “A menina que fez 11 anos vai ao posto, recebe a primeira dose, seis meses depois, a segunda, cinco anos depois, recebe a dose de reforço”, explicou Chioro, em entrevista à Agência Brasil.   Enquanto 97,7% do público-alvo passaram pela primeira fase da imunização, apenas 49% das 4,9 milhões de meninas na faixa etária tomaram a segunda dose. “Não há proteção sem a segunda dose”, ressaltou o ministro.  
Chioro atribui a baixa adesão a três fatores. Primeiramente, essa é uma faixa etária que não tem outras vacinas, então é mais difícil alcançá-la. O ministro também acredita que a estratégia adotada no começo da campanha era mais eficiente - “estados e municípios, que são os responsáveis pela aplicação, levaram a vacina às escolas e aos postos de saúde, mas na segunda ela foi disponibilizada apenas nos postos”.  
Além disso, o ministro acredita que algumas meninas ficaram assustadas com a notícia de supostas reações à vacina no interior de São Paulo. “É uma vacina extremamente segura, não era uma reação à vacina, era medo, estresse, não pode ser lido pela população como alguma coisa nociva. O Ministério da Saúde tem absoluta segurança”. Até 2013, 175 milhões de pessoas foram imunizadas em todo o mundo.   

A vacina contra o HPV oferecida no Sistema Único de Saúde protege as meninas contra quatro subtipos da doença, entre eles o 16 e o 18, responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo de útero. “Se todas as meninas se vacinassem, poderíamos ter a capacidade de diminuir em 70% os mais de 5.200 óbitos que tivemos em 2012”, disse o ministro. Os subtipos 6 e 11 são responsáveis por 90% das verrugas genitais e anais.

Por: 24 Horas News

Prazo para vacinação contra febre aftosa termina domingo (30/11)

Termina no próximo domingo (30/11) o prazo para os pecuaristas mato-grossenses vacinarem seus rebanhos contra a febre aftosa. O período para comunicar a imunização ao Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) vai até o dia 10 de dezembro. Segundo o instituto, na primeira etapa da vacinação, realizada em maio deste ano para os animais de até 24 meses, a taxa de imunização superou 99%. Nesta etapa de novembro, em que a vacinação é obrigatória em bovinos e bubalinos de todas as idades, a expectativa é que a taxa de vacinação seja mantida.

Hoje Mato Grosso é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como território livre da doença com vacinação. "Fazer a comunicação ao Indea dentro do prazo estabelecido é tão importante quanto vacinar. Temos que manter a vigilância para continuarmos tendo uma das carnes mais saudáveis do mundo", destaca Rogério Romanini, diretor de Relações Institucionais da Famato.

Quem não respeitar o calendário de vacinação poderá ser penalizado com o pagamento de multas, cujos valores podem chegar a 2,25 Unidade de Padrão Fiscal (UPF) por cabeça não vacinada, o equivalente a R$ 240,97.

Fronteira – O Fundo Emergencial de Saúde Animal de Mato Grosso (Fesa-MT) doou 120 mil doses de vacina para o governo boliviano realizar a vacinação na faixa de fronteira com o Brasil. O Fesa também entregou 15 kits de vacinação para as ações de educação sanitária realizadas pelo Indea na fronteira do Brasil com a Bolívia.

Foto: Água Boa News

terça-feira, 25 de novembro de 2014

MT é o 2º maior emissor de gases de efeito estufa

Mato Grosso é o segundo estado brasileiro que mais contribuiu para o aumento do efeito estufa durante o ano de 2013. Conforme levantamento realizado pelo segundo ano consecutivo pelo Observatório do Clima, por meio do Sistema de Estimativa de Emissões de Gases de Efeito Estuda (SEEG 2.0) - Edição 2014, divulgado na última semana, o Estado foi responsável pela emissão de 147,7 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2), ficando atrás apenas do Pará, que emitiu 175,8 mil toneladas do mesmo gás.
São Paulo (133,7 mil), Minas Gerais (117,1 mil) e Rio Grande do Sul (92,8 mil) também fazem parte do topo da lista. As emissões brasileiras atingiram 1,57 bilhão de toneladas de CO2 em 2013, o que representa um aumento de 7,8% em relação ao ano de 2012, e o maior valor desde 2008.
Em comparação ao ano anterior, Mato Grosso apresentou um aumento de 18,8% na liberação do gás tóxico. Dentre os setores que mais contribuíram para a elevação do efeito estufa no Estado estão as mudanças de uso da terra e a agropecuária. Juntos, os setores somam 92,4% do total de CO2 emitido durante todo o ano passado.
Professor de pós-graduação nas Universidades Federal de Mato Grosso (UFMT) e de Cuiabá (Unic), Osvaldo Borges Pinto Junior explica que as mudanças de uso da terra podem ser consideradas todas e quaisquer mudanças realizadas pelo homem junto às paisagens. Exemplo disso é a devastação de uma parte da Floresta Amazônica para que a mesma seja transformada em pastagem ou área para plantação. Outras interferências, que também estão presentes no setor, são as queimadas e desmatamento. “Em Mato Grosso, na maioria dos casos de mudança de uso da terra há a presença do fogo. Isso contribuiu ainda mais para a concentração de CO2 na terra, o que, consequentemente, aumenta o efeito estufa”, explicou.
Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais mostram que em 2013 Mato Grosso registrou 101,4 mil focos de calor, sendo considerado o estado brasileiro com o maior número de ocorrências. No país, entre 1º de janeiro a 31 de dezembro do ano passado foram contabilizados 513,9 mil focos, o que revela que o Estado foi o responsável por 20% dos casos ocorridos no país. Também somaram focos de calor os estados do Maranhão, Pará, Tocantins, Bahia e Piauí.
Conforme relatório do Observatório do Clima, as mudanças de uso da terra em Mato Grosso resultaram na eliminação de 87,7 mil toneladas de CO2 durante o ano de 2013. Mesmo sendo o fogo um dos principais vilões, Osvaldo Borges afirma que há ainda outras ações que também interferem no aumento do efeito estufa, como é o caso do tratamento dado à terra e ainda a quantidade de solos alagados no mundo. “São fatores que também contribuem para a concentração do dióxido de carbono”.
Conceito - Considerado um evento natural, o efeito estufa não pode ser apenas classificado como um fator ruim para o meio ambiente e demais seres. De acordo com Osvaldo Borges, o mesmo pode ser comparado a um “cobertor” que protege a atmosfera. Ele informa que é necessário que exista esta “capa protetora” para que a temperatura fique equilibrada. “O fato é que quanto mais se aumenta este ‘cobertor’, a temperatura acaba ficando ainda maior. Tal situação reflete em malefícios para a fauna, flora e seres humanos”.
Dentre os pontos negativos do aumento do efeito estufa está a elevação da temperatura. Segundo Borges, este fator contribuiu para a ameaças de espécies animais e inclusive extinção das mesmas. O estudioso ainda destaca que a elevação da temperatura também reflete na falta de água em determinados locais. “Com a temperatura alta, a tendência é que a evaporação da água seja maior. Isso reflete no aumento de chuvas em determinadas regiões e escassez de água em outras localidades, o que prova mais uma vez um desequilíbrio”.
Sobre a vegetação presente em Mato Grosso, o professor destaca que há estudos que revelam que determinadas áreas da Floresta Amazônica estão passando por processos de “savanização”, ou seja, perdendo as características de florestas e apresentando aspectos do bioma Cerrado.
Redução - Segundo o professor Osvaldo Borges, para que Mato Grosso consiga reduzir a quantidade de CO2 emitida é necessário diminuir, principalmente, as queimadas e desmatamentos. Ele reforça que ambas as ocorrências estão ligadas diretamente às mudanças de uso da terra e ao setor da pecuária e agricultura. “Para que essa redução seja realmente visível, é necessário investimento em ações a médio prazo”, comentou o estudioso.
Coordenador geral do Observatório do Clima, André Ferretti afirma que os dados do SEEG contribuem para o estabelecimento de um debate qualificado sobre políticas públicas relacionadas às mudanças climáticas no Brasil. “Esse sistema de monitoramento anual é o primeiro passo para avaliarmos o status das emissões de gases do efeito estufa (GEEs) no Brasil. Após conhecer em quais setores ou regiões avançamos e em quais precisamos de ações mais urgentes, temos os subsídios adequados para ajudar a definir melhor as políticas públicas nacionais de adaptação ou mitigação às mudanças climáticas”, explica.

Outro lado - A Secretaria Estadual de Meio Ambiente de Mato Grosso (Sema/MT) foi procurada para comentar sobre as medidas adotadas para evitar os prejuízos ambientais, mas a assessoria de comunicação não atendeu as ligações.

Por: Gazeta Digital

Inscrições para primeiro concurso público para servidores da Defensoria começou nesta segunda-feira

A partir das 14 horas desta segunda-feira (24) até o dia cinco de janeiro de 2015 os interessados em concorrer a uma das 109 vagas do primeiro concurso público para servidores da Defensoria Pública de Mato Grosso podem se inscrever por meio do endereço eletrônico www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/dpmt.

São ofertadas 80 vagas de nível médio para os cargos de assistente administrativo e de gabinete e 29 de nível superior, disponíveis para graduandos em Direito (6), Contabilidade (6), Administração (4), Serviço Social (4), Economia (2), Psicologia (2), Analise de Sistema (2), Arquitetura (1), Engenharia Civil (1) e Jornalismo (1).

Quanto a lotação dos aprovados, o cargo de assistente de gabinete obedecerá à distribuição de vaga por Comarca, sendo 16 para Cuiabá e 38 para o Interior e as demais são apenas para a Capital. 

O salário inicial dos cargos de nível médio, com jornada de trabalho de 40 horas, é de R$ 1,5 mil, podendo chegar a R$ 3,8 mil ao final da carreira. A inscrição custa R$ 65. Já o vencimento inicial dos cargos de nível superior, também com jornada de trabalho de 40 horas, é de R$ 3,9 mil, podendo chegar a R$ 9,5 mil no fim da carreira. A inscrição custa R$ 85.

Vale lembrar que há isenção da taxa de inscrição para os candidatos que comprovarem hipossuficiência de recursos financeiros para pagamento da mesma e estiverem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, para doadores regulares de sangue e para candidatos desempregados ou que recebem até um salário mínimo


As provas serão aplicadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em Cuiabá, no dia oito de março, sendo que o período matutino, das 08h às 12h, foi reservado para aplicação da prova para cargos de nível médio e o vespertino, 14h às 18h, para os cargos de nível superior.

Escrito por assessoria - edição Kassu/ÁguaBoaNews

Homem esfaqueia rapaz e acaba morto a pauladas em assentamento de Querência


Edilson Ribeiro Sobral, 44 anos, foi morto a pauladas depois de se envolver em um briga e esfaquear um rapaz de 21 anos, o crime aconteceu por volta das 15hs da tarde deste domingo, (23), no assentamento Coutinho União localizado a 40 km de Querência.

De acordo com informações repassadas ao Site Agência da Notícia, Edilson teria se envolvido em uma briga com Fernando Santos Araújo, (21), e durante a discussão Edilson acabou esfaqueando o jovem com duas perfurações de arma branca (faca). Com Fernando esfaqueado, Edilson partiu para cima de um outro homem que se apossou de um pedaço de madeira e desferiu vários golpes na cabeça do agressor.

Edilson e Fernando foram encaminhados para o Hospital Municipal de Querência, mas a caminho do Pronto Socorro Edilson não resistiu aos ferimentos e morreu.

O assassino que não foi identificado acompanhava as vítimas na ambulância, mas ao saber da morte de Edilson pediu para que o motorista parecesse o veículo e fugiu tomando rumo ignorado.

A Polícia Civil agora apura os fatos para chegar até o suspeito do crime que até o momento ainda não se apresentou.



Agência da Notícia com Redação

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Tetra: Cruzeiro vence Goiás e é campeão brasileiro de 2014

Foi mais sofrido do que a torcida podia imaginar. Mas o Cruzeiro conquistou neste domingo o título do Brasileirão 2014 com duas rodadas de antecedência. Com o gramado encharcado por causa da chuva, o time celeste derrotou o Goiás, por 2 a 1, e pôde comemorar diante de mais de 50 mil torcedores o quarto título brasileiro, o segundo de forma consecutiva.
A partida foi difícil para o Cruzeiro, que saiu na frente e sofreu o empate, mas conseguiu virar a partida na etapa final. Com gols de Ricardo Goulart e Everton Ribeiro, o time celeste foi 76 pontos, manteve os sete pontos diferença e não pode mais ser alcançado pelo segundo colocado, São Paulo. Nas rodadas finais, enfrenta Chapecoense e Fluminense apenas para cumprir tabela.

A confirmação do título neste domingo dá mais tranquilidade para o Cruzeiro se dedicar apenas à final da Copa do Brasil na próxima quarta-feira, contra o rival Atlético-MG, no Mineirão. Depois de ter sido derrotado no jogo de ida por 2 a 0, o time celeste terá de vencer por três gols de diferença ou devolver o placar e levar a decisão para os pênaltis. 
O Goiás permaneceu com 44 pontos e caiu para o 13º lugar. O time goiano ainda precisa pontuar nas rodadas finais, contra Atlético-PR e Chapecoense, para não correr risco no final da competição.
Fases do jogo
Mesmo com o gramado pesado, o Cruzeiro conseguiu se impor no início da partida, pressionou o adversário e abriu o placar aos 12min. Mayke desceu em velocidade pela direita e cruzou para a área. Ricardo Goulart desviou de cabeça e mandou na bola no canto direito de Renan. Apesar do apoio da torcida, o time celeste foi surpreendido pelo Goiás, que empatou a partida aos 22min. Depois de uma cobrança de falta, a zaga mineira não cortou e a bola sobrou para Samuel, que chutou no canto superior esquerdo de Fábio. 
O Cruzeiro voltou a encontrar dificuldade no segundo tempo. Apesar da pressão dos donos da casa, o Goiás explorava os contra-ataques e chegava com perigo. O time celeste voltou a usar um de suas principais armas: a bola área. Willian fez boa jogada pela esquerda e cruzou na medida para Everton Ribeiro, que cabeceou para colocar a equipe mineira à frente novamente.

O final da partida foi dramático para o Cruzeiro, que sofreu forte pressão do Goiás. O goleiro Fábio voltou a fazer a diferença e assegurou o título celeste com defesas precisas.
Fonte: Uol

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Metade dos presos de Mato Grosso aguarda julgamento, revela estudo

A superlotação nas unidades prisionais de Mato Grosso se deve praticamente ao alto número de detentos que esperam julgamento. Mais da metade dos detentos ainda não foram julgados pelos crimes dos quais são acusados, como apontou a 8º edição do Anuário da Segurança Pública. Do total de 11.303 reeducandos que lotavam as unidades do estado ano passado, 5.798 ainda iriam a julgamento.

Na análise do técnico do Instituto de Planejamento e Economia Aplicada (Ipea), Fábio de Sá Silva, a política prisional deve ser repensada. "É fundamental que o governo invista na ampliação do repertório punitivo, de modo que a prisão deixe de ser a única ou a principal resposta de que o Poder Público dispõe para dar conta da violência e da criminalidade", diz, no levantamento divulgado na semana passada.


Bebê foi morto com 12 golpes de canivete em 2012
(Foto: Reprodução/TVCA)


Entre os presos que aguarda julgamento está o soldador suspeito de matar com 12 golpes de canivete o próprio filho, um bebê de um ano e dois meses. O crime ocorreu no dia 1º de janeiro de 2012, em Campo Novo do Parecis, a 397 km de Cuiabá, e até hoje ele não foi levado ao banco dos réus. O júri dele foi marcado, mas a defesa pediu que ele passasse por exames neurológicos e psiquiátricos. Por causa disso, o julgamento foi adiado e uma nova data ainda não foi agendada.

Diante da 'excesso' de presos, a Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) informou que quatro Centros de Detenção Provisória serão construídos, em Sapezal, Porto Alegre do Norte, e dois em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Além disso, uma unidade em Juína, a 737 km de Cuiabá, com capacidade para abrigar 152 detentos, deve ser inaugurada neste ano e outra, em Peixoto de Azevedo, a 692 km da capital, está em fase de construção.

Com a construção dessas novas unidades, mais de 2 mil vagas devem ser abertas no sistema prisional. A cadeia de Peixoto de Azevedo terá 256 vagas, enquanto em Várzea Grande mais de mil vagas, sendo 336 vagas no anexo A e 672 no anexo B. Já os Centros de Detenção Provisória de Porto Alegre do Norte e de Sapezal terão 336 vagas cada. 

O sistema prisional do estado possui 4.083 presos a mais do que sua capacidade, que é de 6.038 vagas. Os homens com idades entre 25 e 29 anos, representam a maioria absoluta da população carcecária. Dos presos, apenas 750 são mulheres e a maioria delas cumpre pena na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá.

Nos últimos anos houve redução no número de presos em Mato Grosso. Conforme dados da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), em 2011 a população carcerária era de quase 12 mil e, neste ano, caiu para 9.334. 


Porém, na avaliação do técnico do Ipea, as medidas tomadas a partir de 2003, entre elas a construção de presídios para isolar os líderes de organizações criminosos, não apresentaram resultados significativos que pudessem evitar o aumento no número de presos. "Talvez o maior desafio, mas também a melhor aposta no setor para o próximo ciclo governamental seja abrir o tema a discussões públicas e envolver a sociedade civil, os especialistas e trabalhadores", pontuou.

Pollyana AraújoDo G1 MT

Eleição para novo presidente da Câmara de Vila Rica acontece no dia 15 de dezembro

A Eleição para definir quem será o novo Presidente da Câmara Municipal de Vila Rica para o biênio 2015-2016 será no dia 15 de dezembro, última sessão ordinária do ano de 2014.

De acordo com o atual presidente, Vereador Luciano Sousa, 4 vereadores estão dispostos a disputar o cargo. “Por enquanto um vereador da oposição e três da situação estão com vontade,mais não tem nada definido ainda”, alegou Sousa que não pode se candidatar a reeleição.
Nos bastidores da política, quatro nomes seriam os mais cotados para a disputa, Geraldo Pizzatto(PMDB), José Carlos dos Santos (DEM), Janovan Rios (PROS) e Maria Augusta (DEM).

O principal nome de oposição na administração do prefeito Luciano Marcos Alencar (DEM), vereador Lázaro Gonçalves (PTB), disse a reportagem do site Araguaia Notícias que não tem intenção de disputar a presidência da Câmara, e confirmou que apoiará seu companheiro de oposição Geraldo Pizzatto (PMDB).


A Câmara Municipal de Vila Rica, hoje, é a mais estruturada no Baixo Araguaia contendo prédio próprio, duas camionetes, duas motos e quadro de 13 funcionários.

Por: Araguaia Notícias

Mandados de prisão desarticula quadrilha de furto de gado no Vale do Araguaia

Uma quadrilha especializada em furto de gado que operava em todo o vale do Araguaia foi desarticulada pela Polícia Civil, em ação conjunta da Delegacia de Araguaiana, no Leste do Estado, Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) e Núcleo de Inteligência de Barra do Garças. Seis pessoas tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos na operação.

Foram presos: Nelson Souza da Silva, 31, o "Nelsinho", Wenderson Pereira Brito, 28, conhecido como "Janio", Alcione Vieira Brito, 23, Giovani Cardoso 29, Divino Antônio de Araújo, 60 e Rodrigo Martins de Freitas, 33, apontados como integrantes de uma organização criminosa que tinha como principal atividade o furto de gado.

Os mandados foram cumpridos dentro do presídio Major Josi, em Água Boa, onde estavam presos, desde agosto deste ano.

As investigações iniciaram após o furto de 27 novilhas da Fazenda Córrego Grande, em Araguaiana, no dia 09 de agosto. Os assaltantes arrombaram o cadeado da porteira e cortaram a cerca para entrada do caminhão gaiola até o curral, onde fica o embarcador. O furto foi comunicado à Polícia e a Perícia Técnica (Politec) foi acionada, que encontrou no local um pedaço de madeira, que quebrou do caminhou enquanto era abastecido com o gado.

Na sequência, o delegado que preside as investigações Wilyney Santana Borges, foi informado pela delegada de Água Boa, Luciana Canaverde, que uma quadrilha de furto de gado era monitorada no município e que os suspeitos possivelmente seriam os mesmos que efetuaram o furto na fazenda de Araguaiana. Através da troca de informações entre as Delegacias, foi possível no dia 21 de agosto a prisão de 4 integrantes da quadrilha em situação de flagrante, durante o furto de 19 novilhas praticado na fazenda Kaiari, em Água Boa.

Na ocasião, o motorista do caminhão gaiola foi detido ainda com o gado embarcado e os outros integrantes da quadrilha foram interceptados pelos investigadores da Derf em uma caminhonete Ranger, já na entrada da cidade de Barra do Garças/MT. Com os acusados, foi apreendido traias de arreio, uma espingarda de pressão adaptada para disparo calibre 22 e rádios amadores de comunicação.

Agência da Notícia com 24 Horas News

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Órgãos públicos de MT não funcionam nesta quinta-feira

Em função do feriado do Dia da Consciência Negra, nesta quinta-feira (20.11), os órgãos do Poder Executivo estadual funcionam até quarta-feira (19.11), retornando na sexta-feira (21.11). As exceções são os órgãos que trabalham em regime de plantão, que exercem atividades essenciais e o Ganha Tempo.

VEJA O QUE ABRE E O QUE FECHA NO FERIADO CONCIÊNCIA NEGRA
GANHA TEMPO - O Ganho Tempo, localizado na Praça Ipiranga, funcionará até quarta-feira, em horário normal, das 7h30 às 19h, fechará no feriado (20 de novembro), reabrindo na sexta-feira (21).

SAÚDE - Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES) todos os serviços de atendimento prestados à população pelo órgão irão funcionar normalmente, exceto os serviços administrativos. O serviço Móvel de Atendimento a Urgência (Samu) realiza atendimento 24 horas, por meio do telefone 192.

O MT-Hemocentro fechará na quinta-feira (20), voltando o expediente normal, das 7h às 17h, na sexta-feira. Durante esse período, o órgão funcionará em sistema de plantão para liberação de sangue e exames.


SEGURANÇA - A secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) informa que todas as delegacias e unidades do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) irão funcionar normalmente. O horário de atendimento das quatros unidades do Cisc (Coxipó, Verdão, Planalto e Parque do Lago), do Ciosp e das delegacias, tanto da Capital como do interior de Mato Grosso não sofrerá nenhuma alteração.

Os batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros também estarão atendendo a população normalmente.

Por: SAD-MT

Idoso é preso ao tentar assaltar igreja com arma de pressão em MT

Um homem de 65 anos foi preso nesta quarta-feira (19), em Cáceres, distante 225 km de Cuiabá, suspeito de tentar cometer dois assaltos na cidade com uma arma de pressão. Ele foi detido após invadir a Catedral São Luiz e, em seguida, abordar uma mulher na rua.

A Polícia Militar disse ao G1 que o suspeito chegou à catedral armado com uma arma de pressão, procurando por dinheiro. Duas pessoas que trabalham na secretaria da igreja estavam no local no momento da abordagem e foram trancadas dentro de um dos banheiros da catedral. De acordo com a polícia, o suspeito não encontrou nenhum dinheiro na igreja e saiu do local sem levar nada.

Já nas ruas da cidade, o homem teria abordado uma mulher com a mesma arma. Conforme a polícia, a vítima que estava em um carro e informou que também não tinha dinheiro e não possuía nada de valor no momento. Desse modo, o suspeito obrigou que a vítima o levasse para o Hospital Regional de Cáceres. Acionada por uma das vítimas que ficou trancada no banheiro da igreja, a Polícia Militar saiu em diligências e conseguiu localizar o suspeito quando ainda estava a caminho do hospital.

De acordo com a polícia, foi apreendida com o suspeito a arma de pressão utilizada nas tentativas de assalto, uma bíblia e uma bolsa com roupas. Após ser preso, o suspeito foi levado para a delegacia da cidade e foi reconhecido pelas vítimas.

Do G1 MT

Ex-prefeito de Confresa é obrigado a devolver quase R$ 10 milhões

O ex-prefeito de Confresa, Iron Marques Parreira, foi condenado por improbidade administrativa e ainda obrigado a ressarcir os cofres públicos municipais em R$ 9.218.150,07. A decisão é da juíza Luciene Kelly Marciano, da Comarca de Porto Alegre do Norte.

De acordo com os autos, tendo sido prefeito de Confresa no período entre 1998 e 2003, Parreira teve rejeitadas suas contas do exercício de 2002 pela Câmara Municipal – referentes ao balanço geral e balancetes dos meses de janeiro a dezembro. As contas foram rejeitadas após um relatório prévio enviado pelo Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso.

A ação civil pública, proposta pelo Ministério Público, acusa o ex-prefeito de ato de improbidade administrativa, com pedido de ressarcimento aos cofres e liminar de indisponibilidade de bens. Aponta ainda que houve enriquecimento ilícito por parte do ex-prefeito.

Notificado, Parreira alegou que o MPE não teria comprovado a má-fé nem o dano ao erário. Argumentou ainda que não teve o amplo direito à defesa e que a ação teria por fundamento apenas o parecer do Tribunal de Contas do Estado.

Irregularidades


Ao todo, o relatório de auditoria do TCE apontou 16 atos de improbidade administrativa no período em que o réu administrava a prefeitura. Entre eles, a protocolização fora do prazo legal do Plano Plurianual de Investimentos do município para o período de 2002 a 2005; a abertura de créditos suplementares e extraordinários no total de R$ 6.647.200,00 sem a autorização legal da Câmara; a existência de contratações de funcionários sem a existência do cargo criado em lei, de modo que as admissões superaram o número de cargos existentes; a aplicação de apenas 3,5% dos impostos na saúde, sendo que o previsto em lei seria de no mínimo 12,5%, entre outros.

Além disso, o TCE relatou que o município ‘maquiou’ a sua contabilidade fazendo parecer que havia feito uma economia de R$ 2.132.059,93, enquanto na verdade foram feitas despesas sem a devida cobertura orçamentária. No exercício de 2002 a tesouraria, sob o comando da irmã do ex-prefeito, movimentou somas altíssimas em espécie, por meio do caixa, o que é vedado pelo artigo 74 do Decreto-Lei 200/67.

Pena


Em razão da série de irregularidades, Iron Marques Parreira foi condenado a ressarcir os cofres municipais; teve suspensos seus direitos políticos por dez anos; foi condenado a pagar multa civil de 50% do valor do dano; foi impedido de receber benefícios ou incentivos fiscais do Poder Público pelo prazo de 10 anos; e foi obrigado a pagar as custas processuais e honorários advocatícios no valor de R$ 50 mil em favor do Funamp – Fundo de Apoio do Ministério Público do Estado de Mato Grosso.

Agência da Notícia com Redação

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Filme sobre a vida de Pedro Casaldáliga será lançado dia 02 de Dezembro em São Félix

O filme “Descalço sobre a terra vermelha” que conta a cinebiografia do Bispo Emérito de São Félix do Araguaia, Dom Pedro Casaldáliga y Pla, será lançado no próximo dia 02, 03 e 04 de Dezembro em São Félix do Araguaia com a presença de autoridades e atores que participaram do set de gravações.
O prefeito José Antônio Almeida, o Baú recebeu em seu gabinete essa semana a visita da equipe responsável pela distribuição do filme, uma produção Catalunha Brasil.
A equipe solicitou apoio do gestor através de uma parceria para organizar uma estrutura na cidade para que seja rodado o filme, em locais como o Centro Comunitário ou Ginásio de Esportes.

“Da nossa parte, o que pudermos ajudar, vamos ajudar. Para nós é uma honra, o somatório disso tudo vai ajudar a divulgar ainda mais a imagem da nossa cidade é muito prazeroso recebermos a equipe de produção do filme, é uma forma de valorizar e divulgar a cidade”, disse Baú.

Por: Jornal da Notícia

Enquanto Silval promete hospital no Araguaia, Vila Rica deverá inaugurar o seu em 2015

Enquanto as obras do Hospital Regional do Norte Araguaia, em Porto Alegre do Norte ficaram somente na promessa, do governador Silval Barbosa, que lançou a pedra fundamental do mesmo 04 vezes, o município de Vila Rica deverá inaugurar na festa do município em maio de 2015, a sua própria unidade.

Segundo a Secretária Municipal de Administração, Aldaci de Fatima Brambila, o total de obras construídas é de 1.027,04 m2, a estrutura será composta de 23 leitos masculinos, femininos e pediátricos com salas de cirurgias, laboratórios e raios-X, além do bloco de serviço, cozinha e lavanderia.
As obras do Hospital Municipal de Vila Rica foram iniciadas na gestão do prefeito Naftaly Calisto, o Calistão (PMDB), e estão sendo concluídas pela atual gestão do prefeito Luciano Alencar (DEM), e são frutos de recursos do Governo Federal.

A obra tinha um orçamento inicial de R$ 1.102,218, 21 (Hum milhão, cento e dois mil, duzentos e dezoito reais e vinte e um centavos), e esta sendo construída em anexo ao Pronto Atendimento do município, que também será reformado antes da unidade entrar em funcionamento.
A conclusão das obras do Hospital Municipal de Vila Rica, tem sido uma das prioridades do Prefeito Luciano Marcos Alencar, que recentemente inaugurou uma Unidade Básica de Saúde da Família, e deverá concluir também em 2015 a construção de outras duas novas unidades.

Hoje a cada 100 necessitados de atendimento de alta e média complexidade no Norte do Araguaia de Mato Grosso, quase 50 vão para Palmas ou Barra do Garças e 40 para Cuiabá. Os outros 10 são atendidos no Hospital Municipal de Confresa ou simplesmente morrem sem receber tratamento adequado.

Por: Jornal da Notícia

Vila Rica passa a contar com Unidade de Medicina Legal a partir desta terça, (18)

O município de Vila Rica recebeu na tarde desta segunda-feira, 17, o médico legista Silvio Cesar Coelho Rogowski que chegou acompanhado dos peritos criminais de Confresa, Paulo Geovany e Paulo Henrique, para abrir a Unidade de Medicina Legal (UML) que vai atender os municípios de Vila Rica e Santa Terezinha.

Tudo começou quando no dia 20 de Maio de 2014, os vereadores do município de Vila Rica, Presidente da Câmara Municipal Luciano de Souza Silveira, Laurindo José Demborguski, Jair Luiz Zorzi, e Maria Augusta Silva, dirigiram-se ao município vizinho Confresa com o objetivo de  verificar a possibilidade de Vila Rica obter um Médico Legista Oficial para realizar os trabalhos do município, uma vez que o município vizinho já contava com dois servidores nesta área e com a possibilidade de assumir um terceiro aprovado.

A nova Unidade em Vila Rica está composta pelo Médico Legista Silvio Cesar e a Técnica em Necropsia Gardênia Rodrigues Donde, para atender casos em que há envolvimento de mortes violentas, agressões, crime sexual e de natureza semelhantes.
Segundo Paulo Geovany, a partir desta data a população não precisa mais deslocar o corpo até a cidade de Confresa para fazer a necropsia, com o médico no local o exame vai ser feito rapidamente e assim liberar o corpo com mais conforto para família.
Levantamento apontado pela Gardênia, mostra que foram realizadas em Vila Rica, de outubro até o momento, dezenove necropsia. O Médico Silvio Cesar disse estar feliz de poder está de volta a Vila Rica, de onde saiu em 1997 para estudar e agora estar de volta com a possibilidade de ajudar as famílias.

Paulo Geovany explicou, em reunião realizada com o Presidente da Câmara Luciano Souza, que a vinda de um médico legista para Vila Rica dependeu fundamentalmente da intervenção do executivo e do legislativo municipal uma vez que no último concurso realizado não houve nenhum candidato aprovado para Vila Rica, mas com o pedido feito pelos poderes executivo e legislativo foi possível alocar um médico legista aprovado para Confresa para atender Vila Rica.

A Unidade de Medicina Legal de Vila Rica está subordinada à Gerencia Regional da Politec de Confresa sob o comando do Gerente Paulo Geovany Liberal, que por sua vez é jurisdicionada pela Coordenadoria Regional de Barra do Garças.

Por: Ouvidoria Legistativa