Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

Após 200 mil perícias, governo federal cancela 180 mil auxílios-doença

Imagem
O levantamento do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) aponta que, após realizar 200 mil perícias, o governo decidiu cancelar 180 mil auxílios-doença. Com isso, diz a pasta, será possível economizar R$ 2,6 bilhões por ano.

O resultado, enviado ao G1, abrange os cancelamentos até 14 de julho. O pente-fino do ministério focou naqueles beneficiários que há mais de dois anos não passavam por revisão no INSS, o que é obrigatório.

Previsto em lei, o auxílio-doença estabelece o repasse de dinheiro ao segurado do INSS que, por uma doença ou acidente, fica temporariamente incapaz de trabalhar. Para receber os recursos, a pessoa precisa apresentar laudo médico e passar por revisão.

O pente-fino nos benefícios pagos pelo INSS, previsto em medida provisória, começou em 2016, mas foi suspenso porque o Congresso não aprovou a MP a tempo. O governo, então, editou uma nova MP, e a revisão foi retomada no início deste ano.

Pente-fino no auxílio-doença

Total de perícias até 14 de julho 199.981
Be…

Ex-detento é morto com 5 tiros em Aragarças

Imagem
A Polícia Militar foi acionada por volta das 20 horas de quinta-feira (27/7) para registrar uma ocorrência de homicídio na cidade Aragarças-GO na divisa com Mato Grosso. Dois homens numa moto escura chegaram e efetuaram cinco disparos contra Jeferson Rodrigues Borges, 22 anos, conhecido como Jefinho que morreu praticamente na hora.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), Jefinho estava numa moto Biz vermelha em frente ao Auto Posto Carinho na avenida Ministro João Alberto quando foi surpreendido pelos elementos que chegaram atirando. Foram ouvidos de cinco a seis disparos. Primeiramente eles efetuaram três disparos contra a vítima que caiu da moto e autores dos disparos saíram de moto andaram um quarteirão e retornaram para efetuar mais dois disparos contra Jefinho que não resistiu aos ferimentos e morreu próximo ao meio-fio da escola Melquiades Victor de Oliveira.

Relatos ainda dão conta de que a vítima (Jefinho) já estava sendo ameaçado por um grupo rival na cidade de Aragarças…

Conta de energia deve ficar mais cara no Centro Oeste em agosto por falta de chuva

Imagem
A conta de luz deve ficar mais cara para o brasileiro a partir de agosto, devido à falta de chuvas. Os reservatórios de água das principais usinas do país, no Sudeste e Centro-Oeste – que atende 70% de todo o sistema – voltaram a secar em julho, indicando que a cobrança extra (bandeira vermelha) deve voltar. Especialistas calculam que a bandeira vermelha, que foi acionada em abril e maio, deve voltar a encarecer a conta no mês que vem. "Agosto já vai ser um mês de bandeira vermelha e o impacto disso na nossa conta vai ser um aumento de R$ 0,03 por quilowatt/hora e isso representa cerca de 5% de aumento na nossa conta de luz", diz Marcelo Parodi, da Compass Energia. A evolução das cores da bandeira tarifária indica que o custo de produção de energia no país aumentou nos últimos meses. Isso está relacionado com a chuva abaixo do previsto, o que acaba reduzindo o armazenamento nos reservatórios das hidrelétricas ou fazendo com que esse armazenamento suba menos que o esperado.
Quan…