TAPIRAPE FM

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Adolescente de Vila Rica está desaparecida há mais de 90 dias

De acordo com informações do Conselho Tutelar de Vila Rica, a adolescente Lorrainny Correia dos Santos, 13 anos, está desaparecida desde o dia 19 de julho (2011). Lorrainny é filha de Neci Sousa da Silva e Paulo Evangelista Correia. Segundo informações repassadas pelos pais ao conselho tutelar, a adolescente teria saído em companhia de um rapaz por nome de Valtiel Moreira dos Santos, de 24 anos de idade, depois de ter ido à casa de uma amiga na noite do dia 19. Desde esse dia, Lorrainny telefonou para mãe umas três vezes nos primeiros dias do seu “desaparecimento”, dizendo que estava bem, sem dizer onde estava. Em entrevista a Rádio Comunitária Eldorado, o delegado da Polícia Judiciária Civil, Vitor Chab Domingues, informou que instaurou um inquérito no dia 27 de setembro, por desaparecimento de pessoa. Os pais da adolescente e o Conselho Tutelar de Vila Rica disponibilizaram alguns números de telefones pedindo ajuda para encontrar a filha. Telefones disponíveis, Coselho Tutelar (66) 3554-1882; (66) 3554-1931; (66) 8413-6192; ou (66) 8409-3778. Telefone da família, (66) 9661-9997. 
Por: RadCom Eldorado FM/Robson Garcia

Aulas no IFMT Campus Confresa retornam nesta segunda

Após mais de 60 dias em greve o IFMT Campus Confresa, voltaram às aulas na próxima segunda-feira 31/10 decisão foi tomada em reunião no último dia 24. Os servidores do instituto deflagraram greve em agosto. A categoria tentava negociação com o governo federal desde maio deste ano, mas sem resultados positivos. Os principais pontos da pauta de reivindicações da categoria são reajuste emergencial de 14,67%; destinação de 10% do PIB para a educação pública; retirada do Projeto de Lei 549/2009, que define congelamento de gastos públicos para os próximos dez anos (redução de vagas para concursos, não reajustamento salarial e outras questões pertinentes aos cofres públicos). Cerca de 700 alunos ficaram sem aulas, que devem retornar na próxima segunda-feira, todos os alunos serão convidados para uma reunião que acontecerá nas dependências do Campus Confresa às 7:30 da manhã. 
Fonte:Agência da Notícia/Redação

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Cartório eleitoral de São Félix do Araguaia não terá expediente nesta sexta-feira

O juiz da 15ª Zona Eleitoral de São Félix do Araguaia, Marco Antonio Canavarros dos Santos, suspendeu o expediente desta sexta-feira, 28 de outubro, em razão da necessidade de realizar serviços de dedetização nas dependências do cartório e limpeza da caixa d’água. As atividades serão supervisionadas pelo chefe de cartório, Antoniony Marques de Oliveira Costa, para resguardar o mobiliário, materiais e documentos do cartório eleitoral. O atendimento e o andamento dos prazos processuais serão prorrogados para quinta-feira, 3 de novembro, em virtude da transferência do feriado do dia do servidor público, 28 de outubro, para segunda-feira, 31. Nos dias 1º e 2 de novembro não haverá expediente na Justiça Eleitoral, por ser feriado do dia de Todos os Santos e Dia de Finados, respectivamente. O expediente dos cartórios eleitorais, centrais de atendimento e secretaria do TRE-MT funcionará normalmente no dia 3 de novembro, quinta-feira, das 12h às 19h. (Com assessoria). Fonte:Agência da Notícia/Redação

MEC admite que alunos tiveram acesso a 9 questões antes do Enem

O Ministério da Educação disse que o simulado de um colégio em Fortaleza (CE) apresentou nove questões idênticas às do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) duas semanas antes da realização da prova, aplicada neste fim de semana em todo o país. Quatorze questões foram divulgadas em um perfil do Facebook na noite desta terça-feira (25). Segundo o MEC, uma questão é ”similar” e quatro não são parecidas. A Polícia Federal foi acionada para investigar o caso. Dependendo da investigação, só os 630 estudantes do colégio Christus, que tem várias unidades na capital do Ceará, poderão ter de refazer o Enem em novembro. O diretor do colégio, Davi Rocha, disse que ficou surpreso com a repercussão do caso. Ele disse que ainda apura o que ocorreu e que o simulado é realizado por uma rede de colaboradores. O Ministério Público Federal no Ceará informou que pretende pedir o cancelamento da prova. Segundo o procurador Oscar Costa Filho, o MEC (Ministério da Educação) e o Inep (instituto responsável pelo Enem) serão notificados. Caso o pedido não seja aceito, tentará suspender o exame na Justiça... 
 
HISTÓRICO  
As provas do Enem registraram problemas nos dois últimos anos. Em 2010, a prova amarela teve questões embaralhadas, o que fez com que alguns estudantes marcassem as respostas no campo errado. Já na edição do Enem de 2009, exemplares da prova foram roubados. A fraude adiou a realização do exame, que acabou marcado por abstenção recorde e erro no gabarito oficial. Quatro dos cinco envolvidos no vazamento foram condenados pela Justiça Federal. Neste ano, cerca de 1.100 candidatos foram informados por telefone que o local da prova indicado no cartão de confirmação de inscrição estava errado. Segundo o Inep, o problema atingiu apenas candidatos do Rio e consistiu na digitação errada do número do prédio. Os cartões indicaram o prédio da reitoria da Unirio, cerca de 200 metros de distância do prédio onde ocorreu a prova. 
FELIPE LUCHETE / Folha Uol

Bancários de 17 Estados mantêm paralisação

Mesmo após o fim da greve dos bancários nas principais praças do país, no último dia 18, parte da categoria permanece parada em municípios de 17 Estados, especialmente as instituições regionais. Bancos estaduais do Nordeste e região amazônica permanecem parcialmente fechados. Só no BNB (Banco do Nordeste do Brasil), a greve afeta parte de seus 2,2 milhões de clientes. Na segunda-feira (24), a direção do banco se reuniu com o Ministério da Fazenda para discutir possíveis soluções para o impasse. No entanto, a proposta apresentada não atendeu às reivindicações da categoria. 
Reivindicações 
Segundo a categoria, a proposta não apresenta soluções para o PCR (Plano de Cargos e Remuneração). Além disso, não corrige a falta de isonomia, restringindo o auxílio material escolar aos funcionários admitidos até 1988. Outro problema é em relação aos dias parados, já que os trabalhadores querem seguir as regras da Fenaban (Federação dos Bancos). O AFBNB (Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil) defende o abono total, “tendo em vista que a greve é um direito legítimo dos trabalhadores”. Nesse ponto, a proposta também não garante a proteção dos grevistas, com relação a punições diretas e indiretas. Em comunicado, a AFBNB demonstra insatisfação nos benefícios oferecidos pelos patrões. - Qual não foi a nossa surpresa e decepção ao constatarmos que a proposta continua inferior à do Banco do Brasil, e bem aquém do que esperávamos! Até o fechamento desta reportagem, os funcionários do banco nordestino continuavam em assembleias para discutir a proposta. O sindicato sugere que ela seja rejeitada, já que continua inferior à do Banco do Brasil.  
Banco da Amazônia
Nesta terça-feira (25), o sindicato foi notificado de que o Banco da Amazônia conseguiu na Justiça do Trabalho uma liminar que impede o uso de faixas nas manifestações em porta de agências da instituição financeira. O Banco da Amazônia informou que deve recorrer da decisão judicial para resolver o impasse da greve junto ao TST (Tribunal Superior do Trabalho). A paralisação chega ao seu 29º dia sem previsão de encerramento. Na quinta-feira (20) os bancários ensaiaram um acordo, sem sucesso. No Estado do Pará, 37 agências do Banco da Amazônia permanecem em greve, de um total de 42 postos de atendimento localizados em 35 municípios paraenses, informou a categoria. Aproximadamente, há 1.500 empregados de braços cruzados. 
Fonte:Agência da Notícia com R7

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Recomeça a greve na justiça estadual em Mato Grosso

Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso retomaram, agora há pouco, a partir do meio-dia, a greve que havia sido interrompida, mês passado, para negociações com o Tribunal de Justiça, para serem feitos cálculos das diferenças salariais (URV) que os servidores têm direito a receber. O presidente do sindicato da categoria (Sinjusmat) Rosenwall Rodrigues, confirmou, ao Só Notícias, que a paralisação, inicialmente, ocorre em todas as comarcas, somando mais de cinco mil funcionários, no entanto, ainda é esperado balanço que apontará com exatidão o quadro de adesão. O motivo será por tempo indeterminado. Rosenwal informou que, até o momento, ainda não há posicionamento do Tribunal de Justiça. A cobrança é pelo pagamento das diferenças salariais decorrentes da implantação da Unidade Real de Valor e aplicação de progressão salarial. A última proposta não agradou os funcionários, que rejeitaram o pagamento parcial até 10 de dezembro. O tribunal diz que tem R$ 11 milhões e prevê a finalização dos estudos da progressão até o final do primeiro semestre de 2012. Enquanto não há avanços nas negociações, o presidente disse que está marcada para quinta-feira (27), uma passeata pelas ruas da capital, como forma de proposto. Já o representante do sindicato em Sinop informou que, devido a pequena quantidade de servidores, eles ficarão concentrados inicialmente nas proximidades dos Fórum. Na comarca, mais de cinco mil processo devem ser prejudicados. O representante da categoria em Sinop, Ricardo Barsand, confirmou que os cerca de 100 servidores da comarca sinopense ( a maior no Nortão), também estão de braços cruzados. Conforme Só Notícias já informou, neste período de greve, pelo menos da comarca de Sinop, apenas casos emergenciais serão atendidos, como os relacionados a prisões e liminares para Unidades de Tratamento Intensivo (UTI). 
Só Notícias/Weverton Correa

Em reunião servidores põe fim a greve do IFMT, Confresa

Em reunião que acabou de acontecer no Campus do Instituto Federal de Mato Grosso em Confresa os servidores decidiram voltar às aulas, após cerca de 60 dias em Greve. Os servidores do instituto estão em greve desde agosto. A categoria tentava negociação com o governo federal desde maio deste ano, mas sem resultados positivos. Os principais pontos da pauta de reivindicações da categoria são reajuste emergencial de 14,67%; destinação de 10% do PIB para a educação pública; retirada do Projeto de Lei 549/2009, que define congelamento de gastos públicos para os próximos dez anos (redução de vagas para concursos, não reajustamento salarial e outras questões pertinentes aos cofres públicos). Cerca de 700 alunos estão sem aulas desde Agosto, as aulas devem retornar na próxima segunda-feira 31/10 já os servidores voltam ao trabalho nornal na próxima quarta-feira 26/11. Na segunda-feira , 31, todos os alunos serão convidados para uma reunião que acontecerá nas dependências do Campus Confresa às 7:30 da manhã . Ainda não se sabe como serão feitas as reposições das aulas. 
Fonte:Agência da Notícia com Uasley Werneck

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Dois homens são presos por fingir que são advogados

FOTO ILUSTRATIVA
Denúncia da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil de Tangará da Serra levou à prisão em flagrante de dois homens na noite desta quinta-feira (20 de outubro) por exercício ilegal da profissão de advogado. O presidente da OAB/Tangará, Josemar Carmerino dos Santos, recebeu a denúncia de possível captação ilegal de clientes que seria efetivada durante uma reunião e, ao realizar a fiscalização com outros membros da Subseção, se deparou com a atuação ilegal de pessoas que não são advogados. Panfletos foram distribuídos na cidade convidando trabalhadores rurais e pescadores a participarem de uma reunião para darem entrada no pedido de aposentadoria rural. O folder ainda continha o rol de documentos a serem levados para que o processo fosse iniciado. Por volta de 19 horas, o presidente da OAB/Tangará, juntamente com os advogados Rafael Martinazzo e Cleiton Araújo Carvalho foram até o local para notificar os organizadores da ilegalidade do ato de captação de clientes. Porém, constatou-se que eles não eram advogados e estariam agindo em nome de outras pessoas. Assim, conforme Josemar Carmerino, foi acionada a Polícia Militar, que os prendeu sob a acusação de exercício ilegal da profissão. Com os acusados foram apreendidos documentos como procurações e contratos de honorários que estavam sendo firmados com a população atendida ilegalmente. Nos documentos havia nomes de advogados da cidade de São Carlos, estado de São Paulo, e de Pontes e Lacerda, região Oeste de Mato Grosso. Esses nomes serão levados à Seccional da OAB para apuração e possível instauração de processo ético-disciplinar junto ao Tribunal de Ética e Disciplina. Os integrantes da OAB de Tangará da Serra acompanharam todos os procedimentos, desde a prisão dos acusados até o registro do Boletim de Ocorrência na Delegacia. 
 Fonte:Agência da Notícia com Assessoria

Sobrinho mata tio por causa de R$ 10,00 em Rondonópolis

Uma dívida de apenas R$ 10,00 acabou em morte na cidade de Rondonópolis, no Sul de Mato Grosso. O autor do crime, um menor com 15 anos de idade, sobrinho da vítima. O homicídio aconteceu no Residencial Lúcia Maggi, na região do Anel Viário.
Segundo a mãe do menor, ela estava dando banho no filho mais novo quando ouviu a discussão entre o irmão José Laurindo da Silva, de 29 anos e o filho dela, A.L.S de 15 anos. O adolescente, segundo a mãe cobrava do tio o valor que ele havia pego emprestado e o tio dizia que não tinha o dinheiro naquele momento para saldar a dívida.
Ainda de acordo com relatos de dona Iria, irmã da vítima, a discussão se agravou e quando ela saiu do banheiro viu o irmão agarrar o sobrinho pelo pescoço. Daí o menor saiu e logo voltou armado com um revólver.
Quando José Laurindo saía na porta da sala foi recebido por balas. O menor, segundo informações desferiu vários tiros, dois acertaram a cabeça do tio dele que caiu morto na frente da casa de nº 19 da Quadra 6 daquele residencial.
Depois de matar o tio, o menor fugiu levando com ele a arma do crime. Ele ainda não foi localizado pela polícia, pois a mãe do menor não colaborou; ela não quis revelar à PM quais as características do filho, nem mesmo quais as roupas ele estava usando.
O menor, segundo a mãe, não tinha até então nenhum problema com a polícia e era trabalhador. “Ele só é muito nervoso, desde pequeno que qualquer coisa tira ele do sério”, disse a mãe em prantos ao perder o único irmão.
Fonte:Agência da Notícia com 24 Horas News/Izabel Torres

Inaugurou em Confresa Vara do Trabalho

A inauguração contou com cerca de 200 pessoas entre autoridades e publico em geral, neste sábado 23/10, esteve presente para a inauguração o Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) Osmair Couto, Desembargador Tarcísio Regis Valente, vice presidente do TRT da 23ª região, Deputado Federal Valtenir Preira, Prefeito Gaspar Lazarri, vereadores além d empresários.

“Confresa é resultado do suor de trabalhadores e viemos para somar com a justiça tanto para o empregado quanto para o empregador, e a nossa importância para com o município é a segurança do trabalho e acredito que isso vem para melhorar ainda mais o entendimento do empresário com o empregado” ressaltou Osmair Couto.

A Vara do Trabalho vai atender as cidades do Norte Araguaia, e está instalada na Rua Nova, número 19 no Bairro Vila Nova – Setor Indústrial de Confresa-MT.

Agência da Notícia/Redação

AL aprova construção do Hospital Regional em Porto Alegre do Norte através de Parceria Pública Privada

A Assembleia Legislativa aprovou ontem 19/10 na sessão noturna o projeto de lei enviado pelo governador Silval Barbosa (PMDB) que autoriza o Estado a firmar parceria com empresas privadas, para aumentar o potencial de investimentos.

Pela proposta de PPPs (Parceria Pública Privada), o Estado planeja a construção de um hospital regional em Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste da Capital), que está inserido em um projeto de expansão da Saúde Pública no interior de Mato Grosso. Em até 20 anos, o Estado poderá ressarcir empresas que aceitem a participação na PPP.

A estratégia é que os serviços de Saúde que poderão envolver, até mesmo, procedimentos de média e alta complexidade que beneficiem também a população de outros municípios próximos, como Confresa, Vila Rica e Canabrava do Norte.

“É uma medida benéfica ao Estado, que está adotando um modelo que vem dando certo em outras unidades da Federação. Por isso, tem nosso apoio", disse o líder do Governo na Assembleia, deputado Romoaldo Junior (PMDB).

Fonte:Agência da Notícia/Redação

Estado divulga dados da dengue de 1º de janeiro a 20 de outubro de 2011

A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES/MT) divulga dados da dengue referentes ao período de 1º de janeiro a 20 de outubro de 2011. A notificação de casos de dengue no período é de 8686 casos. Desse total, 41 foram notificados como casos graves de dengue. Até o momento foram notificados seis óbitos confirmados e um em investigação.
Cuiabá, a capital do Estado de Mato Grosso tem a notificação de 1.157 casos de dengue, sendo 19 de casos graves. Desses 19 casos graves registrados em Cuiabá apenas 13 são residentes na Capital. Outros seis são residentes nos seguintes municípios do Estado: 01 em Tangará da Serra, 01 em Nova Brasilândia, 01 em Alto Paraguai, 01 em Guarantã do Norte, 01 em General Carneiro. E 01 caso é de pessoa residente no Estado do Amazonas, em Manaus.
Em Várzea Grande a notificação é de 329 casos de dengue. Em Sinop a notificação é de 1.759 casos de dengue. E em Rondonópolis, a notificação é de 276 casos da doença.
ÓBITOS - Os municípios que tiveram a notificação de óbitos por dengue até o momento foram General Carneiro (01 caso confirmado), Pedra Preta (01 caso confirmado), Colíder (01 caso confirmado), Torixoréu (01 confirmado), Ribeirãozinho (01 confirmado), Sinop (01 confirmado) e Cuiabá (01 em investigação).
Em 2010 as notificações de Dengue nos municípios foram; Cuiabá notificou 4.170, Várzea Grande notificou 1904 casos, Sinop notificou 3.084 casos e Rondonópolis 3.985 casos. Em 2011, as notificações neste mesmo período foram de 8.686 casos de dengue, em todo o Estado.
Segundo o superintendente de vigilância em saúde, Oberdan Lira, o Estado de Mato Grosso mantém o alerta no monitoramento sobre o novo sorotipo da dengue, o DEN 4 que tem circulação em alguns estado do País. "Em Mato Grosso ainda não se tem notificação de nenhum caso do novo sorotipo. O Estado estendeu o alerta aos 141 municípios".
MEDIDAS DE PREVENÇÃO - A Secretaria de Estado de Saúde continua a recomendar medidas de prevenção simples, que devem ser tomadas pela população do Estado, que são manter as caixas d’água, tonéis e barris, ou outros recipientes que armazenam água, totalmente tampados e limpos lavando-os com escova e sabão semanalmente. Deve-se remover tudo o que possa impedir a água de correr pelas calhas e não deixar que a água da chuva fique acumulada sobre as lajes.
No caso dos vasos de plantas, encher de areia, até a borda, os pratinhos dos vasos. Se não tiver colocado areia ele deve ser lavado com escova, água e sabão, pelo menos uma vez por semana. Deve-se jogar no lixo todo objeto que possa acumular água, como potes, latas e garrafas vazias. Colocar o lixo em sacos plásticos, fechar bem esses sacos e deixá-los fora do alcance de animais. Manter as lixeiras bem fechadas.

Fonte:Agência da Notícia com ANDERSON ACENDINO/SES/MT

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Vigilância multa hospitais por irregularidades em MT

A Superintendência de Vigilância em Saúde de Mato Grosso aplicou multas em, pelo menos, 30 unidades de Saúde do Estado. Os valores chegam a R$ 200 mil por estabelecimentos. Os processos administrativos seguem lentamente, desde 2007.

A relação das multas foi publicada no Diário Oficial. A diretoria das instituições tem o prazo de 20 dias para apresentar justificava ou fazer o pagamento da multas.

As irregularidades, segundo a própria Secretaria de Saúde, são variadas. Vão desde a falta de equipamento, falta de medicamentos, estrutura física deficiente, falta de leitos. Existem ainda denúncias de hospitais com instalações bem abaixo do padrão considerado aceitável pela Vigilância Sanitária.

Entre as instituições que foram multadas estão o Hospital do Câncer de Cuiabá, Hospital de Maternidade Santa Rita de Várzea Grande, Hospital e Maternidade Lírio dos Vales, Hospital Municipal de Confresa, Hospital Samaritano de Alto Araguaia, Hospital Municipal de Albert Sabin de Alta Floresta, Hospital Santo Antônio, em Chapada dos Guimarães, Hospital Regional de Colider e o Hospital São José, em Rondonópolis.

Os responsáveis legais devem providenciar o pagamento espontâneo ou por via judicial, emita-se o DAR (Documento de Arrecadação). A instituição que se propor a pagar as multas, no prazo correto, poderá receber um desconto de 20%.

Fonte:Agência da Notícia com Midia News

Candidatos do Enem têm locais de prova alterados em pelo menos oito cidades

Candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de pelo menos oito cidades tiveram seus locais de prova alterados em função de problemas climáticos ou de logística. As provas serão aplicadas no fim de semana (22 e 23 de outubro) a 5,3 milhões de inscritos.
Segundo o Ministério da Educação (MEC), as realocações ocorreram em dez dos 14 mil locais de prova. O principal caso foi registrado no Rio de Janeiro onde 1.120 participantes receberam o cartão de confirmação com o endereço errado dos locais de prova. O documento informava como local a reitoria da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Unirio), mas, na verdade, os candidatos farão o exame no Centro de Letras e Artes da instituição. De acordo com o MEC, todos os estudantes foram avisados da alteração no fim de semana passado por telefone, SMS e e-mail.
Em Manaus, candidatos de três locais tiveram que ser remanejados porque as escolas onde seriam aplicadas as provas foram destelhadas em função das fortes chuvas. O mesmo problema ocorreu em outro local de prova na cidade de Humaitá (AM). Em Além Paraíba (MG), um festival de motociclismo ocorrerá ao lado de uma escola onde seriam aplicadas provas. Os candidatos foram realocados porque poderiam ser prejudicados pelo barulho. Em Cametá (PA), a transferência de candidatos para outras salas de prova se deu em função da festa do padroeiro da cidade que poderia tumultuar a aplicação.
No Distrito Federal, candidatos foram alocados para fazer prova em uma escola da zona rural do Paranoá, periferia de Brasília. Em função da dificuldade com o transporte público nessas regiões, especialmente no fim de semana, foram transferidos para o perímetro urbano da região. No Ceará, participantes de Fortaleza e de São Gonçalo do Amarante foram transferidos porque as escolas escolhidas “não ofereciam condições favoráveis à realização das provas”, segundo o MEC.
De acordo com o ministério, no dia da prova, o consórcio Cespe-Cesgranrio, responsável pela aplicação do Enem, irá sinalizar com faixas essas mudanças nos locais originais de prova. Também haverá transporte disponível para levar os alunos até os novos locais, caso seja necessário. Assim como os candidatos do Rio de Janeiro, os participantes das demais cidades foram alertados sobre a mudança via e-mail, SMS e telefone.

Fonte:Agência da Notícia com Agência Brasil

Mercado de trabalho tem pior setembro desde 2006

O Brasil criou 209.078 empregos com carteira assinada em setembro, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta terça-feira (18). Esse é o menor número já visto para meses de setembro o mercado de trabalho desde 2006.
O resultado é 15% inferior ao resultado do mesmo período do ano passado, quando foram criadas 246.875 novas vagas e o pior setembro desde 2006, quando a criação de vagas bateu o recorde para o mês, com 282.841 vagas.
O resultado, no entanto, é superior à criação de empregos em agosto, que foi de 190.446 novos postos de trabalho.
O cadastro do Ministério do Trabalho foi criado em 1992. O recorde histórico para todos os meses é de junho de 2009, com criação de 309 mil novas vagas.
Com o resultado de setembro, foram criados 2,07 milhão de empregos em 2011, em dados ajustados, crescimento de 5,78% em relação ao estoque de empregos no final do ano passado. Além disso, em doze meses, a criação de vagas supera 2,55 milhões de novos postos de trabalho.
De acordo com o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, a queda do resultado de setembro não preocupa porque a criação de empregos ainda está forte.
- Estamos no meio de uma crise internacional, mas a resposta para demanda interna é muito grande, e essa geração de empregos em setembro, acima de 200 mil empregos, é muito robusta.
Para Lupi, nem as históricas demissões do mês de dezembro atrapalharão o resultado do ano.
- Tenho certeza que outubro e novembro serão meses muito fortes, com manutenção do crescimento nos setores de serviço e construção civil. Vamos ter a perda de dezembro, mas o recuo de dezembro deve ficar na média. Para empregos celetistas, acredito que chegaremos à criação de 2,3 milhões de vagas até o fim do ano.

No mês de setembro, 1,76 milhões brasileiros foram contratados e 1,55 milhões foram demitidos.
Com o resultado dos últimos meses, o ministério do Trabalho já havia reduzido a previsão para 2011, de criação de 3 milhões de emprego para 2,8 a 2,9 milhões de novas vagas (somando celetistas e funcionários públicos estatutários). No ano passado foram criados 2,86 milhões de empregos com carteira assinada, nos números revisados em maio.
Fonte:Agência da Notícia com R7

Vara do Trabalho será inaugurada neste final em Confresa

Será inaugurada neste sábado 22/10, a Vara do Trabalho de Confresa, o TRT de Mato Grosso resolveu instalar a Vara do Trabalho de Confresa após resultado do remanejamento da vara criada para o município de Lucas do Rio Verde. A Resolução Administrativa 163/2011, que permite a mudança, foi aprovada na sessão administrativa realizada pelo Tribunal Pleno na quinta-feira (29).
Além do município sede, a Vara de Confresa terá jurisdição nos municípios de Alto Boa Vista, Bom Jesus do Araguaia, Canabrava do Norte, Novo Santo Antônio, Luciara, Porto Alegre do Norte, Santa Cruz do Xingu, Santa Terezinha, São Félix do Araguaia, São José do Xingu, Serra Nova Dourada e Vila Rica.
Para solenidade de inauguração, já confirmou presença o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, da 23ª Região Desembargador Osmair Couto entre outras autoridades.

Fonte:Agência da Notícia com Uasley Werneck

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Confresa-MT: Defesa Civil e Prefeitura municipal distribuem alimentos para vítimas da tragédia causada pela chuva

A Defesa Civil do estado de Mato Grosso junto com a Prefeitura Municipal de Confresa está distribuindo utensílios para as vítimas da tragédia da chuva, que atingiu a cidade de Confresa na noite de 04/10, deixando um rastro de destruição com 14 casas totalmente destruídas e cerca de 250 casas danificadas. Diante da tragédia a defesa civil foi acionada pelo prefeito de Confresa, Gaspar Lazzari que está na cidade desde último dia 06/10, onde avaliou os estragos causados pela chuva. Na manhã de ontem 17/10, começaram a ser distribuídas às vítimas da tragédia cesta básicas, colchões, filtros, cobertores e telhas. Os materiais estão sendo entregues na secretaria municipal de ação social, pela equipe da Prefeitura e representantes da Defesa Civil. “Queremos deixar bem claro que sempre que tem esse tipo de acidente a Defesa Civil vem prestar assistência juntamente com o poder executivo da cidade que é quem nos solicita a ajuda, tivemos em Confresa logo após o ocorrido e deparamos com pelo menos 280 casos atingidos, de imediato foi feito o levantamento com o que fosse mais necessário neste momento e hoje estamos aqui fazendo as entregas dos materiais”, ressaltou um dos representantes da Defesa Civil, Benedito de Araújo ao Agência da Notícia. Ainda segundo ele cerca de 70% das famílias atendidas pelo temporal já receberam a ajuda em mantimentos “Nosso objetivo é atender todas as vítimas e necessitados e se acaso alguém ficou sem atendimento pedimos desculpas e que possam procurar ainda a secretaria de assistência social para ver o que pode ser feito, agradeço a parceria dos funcionários da prefeitura pelos seus trabalhos e desempenho e ainda ao chefe do poder executivo Gaspar Lazzari”, finalizou Benedito Araújo. 
O temporal 
A chuva deixou um rastro de destruição no município no último dia 04/10, diversas casas destruídas e um cenário só visto antes pela TV. Os ventos que atingiram a cidade atingiu cerca de 100 Km por hora, onde 14 casas foram totalmente destruídas e cerca de 250 parcialmente danificadas. 
Por: Agência da Notícia

Campanha do desarmamento recolherá armas hoje e amanhã em Confresa

A Campanha do Desarmamento 2011 foi lançada ontem 17/10 em Mato Grosso pela secretaria de estado de Segurança Pública (Sesp). Serão 17 municípios com unidades de segurança credenciadas para o recebimento de armas de fogo. As armas poderão ser entregues nas delegacias e comandos regionais das polícias Civil e Militar nos municípios de Água Boa, Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Dia-mantino, Juína, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra e Várzea Grande. No Norte Araguaia as cidades de Vila Rica e Porto Alegre do Norte serão pontos de recolhimentos dos armamentos. Já os moradores de Confresa poderão entregar suas armas hoje 18/10 e amanhã 19/10 na 3° Companhia de Polícia Militar e também na Delegacia de polícia Civil que receberão os armamentos apenas hoje e amanhã. Lançada pelo Governo Federal no dia 6 de maio deste ano, a Campanha Nacional do Desarmamento 2011 já recolheu 25 mil armas. Cerca de 6,5 mil delas são consideradas de grande porte, como escopetas, metralhadoras e fuzis, conforme informações do Ministério da Justiça. A iniciativa deste ano traz quatro novidades: o anonimato para quem entregar a arma; a inutilização imediata do artefato; a agilidade no pagamento da indenização (que pode ser sacada após 24 horas e em até 30 dias); e a ampliação da rede de recolhimento de armas. O valor do reembolso varia entre R$100 e R$300 reais por cada arma de fogo, dependendo do tipo e calibre. A etapa estadual contém outras mudanças como a identificação do possuidor, que passa a ser opcional, a e indenização, que deixará de ser feita para as armas artesanais.
Fonte:Agência da Notícia com Uasley Werneck

Delegados conseguem reajuste nos salários de quase R$ 2,4 mil

Enquanto categorias brigam para conseguir R$ 60 de aumento, fazem greves e pressionam o governo, outras, sem precisar de paralisação alguma, têm acréscimo de quase R$ 2,4 mil. Este é o caso dos delegados da Polícia Civil. Segundo o presidente do sindicato, Dirceu Vicente Lino, as negociações com o governo tiveram início no ano passado e as solicitações foram acatadas. O presidente explicou que, desde 1989, a categoria reivindica a reestruturação da carreira. A mudança obtida se refere à proporção salarial de uma classe para a outra, que vai de A a E. A diferença era de 5% e agora está em 10%. Quem saiu na vantagem foram justamente aqueles que ganhavam mais, pertencentes a classe especial E. A remuneração era de R$ 14,3 mil e passou para R$ 16,7 mil. Quem entrou recentemente como delegado da Polícia Civil teve o salário reduzido em quase R$ 100. A classe A recebia R$ 12,2 mil e passou para R$ 12,1 mil. O argumento de Dirceu para o sindicato aceitar a proposta foi o incentivo que uma diferença maior entre as classe vai proporcionar aos colegas. Para ele, uma distinção mais acentuada entre um salário e outro permite aos delegados que queiram estudar subir de classe. Um delegado é promovido por tempo de serviço e pelos cursos que estuda. Da A para B e da B para C são três anos cada. Da C para E são cinco anos e é necessário fazer curso superior da polícia. Além do salários, os delegados também vão receber verba indenizatória que varia mil a três mil reais. 
Por Rd News/ Valérya Próspero.

Violência: Homem morre vítima de facadas em Vila Rica

Domilson Melo Duarte foi morto na noite de domingo (16), às 20 horas e 30 minutos, próximo ao terminal rodoviário. Domilson levou cinco facadas, a maioria na região do tórax. O crime aconteceu na Rua Alair Alvares Fernandes, de frente a um restaurante. Melo aparenta ter de 30 a 35 anos de idade. Segundo informações da Policia Militar do Comando Regional X, o suspeito de ter cometido o homicídio, é conhecido pelo apelido de “miúdo”, ex presidiário, miúdo está foragido. Esse é o terceiro homicídio em apenas uma semana no município. No último dia 09 de outubro, o casal Benedito Fernando Rodrigues da Silva Arruda, 30 anos, e Nelcilene Ribeiro da Fonseca, 33, foram mortos de maneira cruel, as margens da BR 158, a 04 Kilometros da cidade, na entrada para Fazenda Aracati, próximo a unidade frigorífica, por volta da 05 horas da manhã. 
Por: Rádio Com. Eldorado FM/Robson Garcia

sábado, 15 de outubro de 2011

Profissionais da educação de Alto Boa vista, entram em greve e cobram pagamento do piso

Foto Ilustrativa
Cerca de 53 profissionais da educação da rede municipal da cidade de Alto Boa Vista, 180Km de Confresa, entraram em greve na manhã de hoje 14/10 em busca de reajuste salarial e valorização profissional. De acordo com informações da presidente do SINTEP, sub sede de Alto Boa Vista, Elione José da Costa,a classe cobra implementação e integralização do piso salarial conforme a lei 11738/2008, reestruturação imediata do plano de carreira conforme o artigo 6° da lei 11738/2008, reajuste salarial conforme disposto do artigo 1° da lei municipal dos servidores públicos de Alto Boa Vista além da inclusão de todos os funcionários da educação conforme a lei 12014/2009, implementação da gestão democrática e maior transparência na aplicação dos recursos do FUNDEB. O município de Alto Boa Vista, conta com 2 escola municipais, sendo uma na zona urbana e outra na rural, onde apenas os funcionários da educação da rede urbana aderiram ao movimento. A decisão de deflagrar greve foi tomada no último dia 07/10 durante assembleia extraordinária do SINTEP. “O prefeito está disposto a nos pagar R$ 1050,00 e dar 5% de reajuste, porém apenas para aos professores e não para todos os funcionários da educação, ele sempre alega que não há recursos mais nós queremos que ele nos mostre isso ‘’ disse Elione José da Costa, presidente do SINTEP de Alto Boa Vista ao Agência da Notícia. Segundo ela a classe está aberta para negociar, mas até o momento o poder executivo do município ainda não procurou o movimento grevista para negociar. Enquanto isso a greve permanece por tempo indeterminado, cerca de 810 alunos estão sem aulas. A reportagem entrou em contato com a secretaria de educação de Alto Boa Vista, porém até o fechamento dessa matéria não obtivemos retorno. 
Fonte:Agência da Notícia com Uasley Werneck

Thalma de Freitas é levada para a delegacia e critica abuso de autoridade

Foto divulgaçao
A atriz e cantora Thalma de Freitas registrou queixa, na noite desta sexta-feira, contra dois cabos do 23º BPM (Leblon) por abuso de autoridade. Thalma foi levada pelos militares para a 14ª DP (Leblon), após ser abordada na Avenida Niemeyer, na saída do morro do Vidigal. 
A atriz afirmou pelo Twitter que os PMs revistaram a bolsa dela e não encontraram nada, mas mesmo assim decidiram levá-la para a delegacia. Já o 23º BPM (Leblon) afirmou que a atriz teria se recusado a ser revistada e, por isso, foi levada para a delegacia. 

Após ser liberada, a atriz criticou a abordagem policial. 

— Fiquei muito calma, na paz da minha inocência. A delegada não me obrigou, mas fiz questão de ser revistada pela policial feminina. Colaboro para o processo contra abuso de autoridade de policiais. O que houve é comum para muita gente, hoje falo por quem não tem voz — protestou a atriz em sua página do Twitter.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Bispo D. Leonardo Ulrich Steiner se emociona ao dizer que deixará São Félix do Araguaia

Dia 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida, pessoas de São Félix do Araguaia e região estiveram presentes na missa celebrada por Dom Leonardo Ulrich Steiner e nomeou Dom Eugêne Rixen o novo Bispo de São Felix do Araguaia (MT) Provisoriamente.
Durante a missa Dom Leonardo recebeu algumas homenagens: 
Iboré Karajá falou em nome de todos os povos indígenas e presenteou com um remo e disse que com o remo Dom Leonardo não esquecerá o Rio Araguaia, Xingú e Tapirapé. As comunidades do sertão foram representadas pela a senhora Maria Socorro maranhense mora da Mata Azul em Novo Santo Antonio falou que todo sertanejo agradece hoje a prelazia, e presenteiou Dom Leonardo com um chapéu sertanejo fez questão de colocar em sua cabeça.  
Erotildes Milhomem: Escritora, Ex-vice-prefeita da cidade, a autora é membro da Academia de letras, Cultura e Arte do Centro-Oeste, fundou em 1986 o Museu Cultural e Histórico do Centro-Oeste de São Félix do Araguaia onde preside o núcleo local do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso. Deixou uma mensagem de carinho ao Dom Leonardo desejando boa sorte e fé em Deus.  
A Pastoral da criança também homenageou Dom Leonardo.  
Dom Pedro Casaldáliga participou de toda missa com muita coragem, determinação e fé e deixou sua mensagem a Dom Leonardo: “Diz que quando há fé não há mistério porque a comunhão continua. São Félix do Araguaia somos a Prelazia, Fazemos a Prelazia de São Félix do Araguaia que nos acode, nos catequiza, nos estimula e nos renasce. Leonardo teve a coragem de aceitar a vir para São Félix com a difícil Prelazia, prelazia mal falada e prelazia fantasma. Foi ofertado a outros quatros possíveis candidato para vir para São Félix, mas não aceitaram Leonardo aceitou enfrentando momentos difícil. Deixo meu carinho e abraço de gratidão para Leonardo, Eugêne e para todos presentes. Prelazia de São Félix do Araguaia Testemunhas do Reino Seguidores e seguidoras de Jesus agradeço o carinho que vocês vem demonstrando por esse velho caduco, mas que cultiva ainda sobretudo a esperança”. Concluiu Dom Pedro Dom Leonardo a população de São Félix e região te ama agradecem por tudo que fez em prol da população. Todos irão sentir saudade porque saudade é o amor que fica quando alguém que amamos está distante. Dom Leonardo conta como foi o momento quando soube que iria vir para São Félix do Araguaia: “Quando recebi o anúncio que eu vinha para São Félix do Araguaia são sabia onde ficava fui buscar no mapa para localizar São Félix, mas levei um susto tão grande quando fui ler um jornal e dentro tinha um texto e eu tive a sensação que não iria ser bem recebido em São Félix. Sonho era ser professor atendendo a comunidade, eu sou muito grato a Dom Pedro por tudo que aprendi. Durante os seis anos que fiquei em São Félix foram anos muitos felizes é muito difícil deixar São Félix vir para São Félix foi o primeiro amor sou profundamente grato por tudo que recebi de bom, mas também recebi sofrimento alguns que até abalaram a minha saúde, mas eu sou grato por isso”. Finalizou Dom Leonardo  O Bispo dom Eugênio Rixen assumiu o lugar de Dom Leonardo provisoriamente. O bispo da diocese de Goiás (GO), dom Eugêne Rixen, foi nomeado no dia, 21/09, pelo papa Bento XVI, administrador apostólico da prelazia de São Felix do Araguaia (MT). A prelazia ficou vacante com a transferência de Dom Leonardo Ulrich Steiner como bispo auxiliar da arquidiocese de Brasília (DF). Dom Eugêne falou como novo Bispo provisório de São Félix: “Quero agradecer Dom Leonardo de fato aceitei essa dupla missão, mas continuo bispo da diocese de Goiás da cidade Goiás Velho aceitei vir pela amizade que tenho com o povo daqui e o carinho pelo Leonardo e Dom Pedro sei que o caminho da prelazia é um caminho muito difícil. Então vou ficar uma semana em São Félix e três em Goiás Velho até chegar um novo bispo assim que o Papa Bento XVI nomear o novo bispo entregarei para Ele, porque também fui pego de surpresa.Quero ser amigo vim simplesmente para colaborar”.concluiu Dom Eugêne.
Na missa celebrada por D. Leonardo Ulrich Steiner estiveram presentes, fiéis, diáconos e religiosos, Prefeito Filemon e 1ª dama Nayara, vereadora Patrícia Paiva e os padres: Pe. Ivo Cardoso da Silva, Pe. Paulo Santos Gonçalves, Pe. Marcondes Martins Barbosa, Pe. Paulo Rodolfo Simões, Pe. José Cesário da Silva, Pe. Alcides Luiz Favaretto, Pe. José Luiz Cáceres, Dom Eugêne Lambert Adrian Rixen, diácono José Ribeiro da Silva e Dom Pedro Casaldáliga. 
Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Correios levarão até 10 dias para fazer entregas atrasadas

A Justiça mandou e os funcionários dos Correios deverão voltar nesta quinta-feira (13) ao trabalho após a maior greve já feita pela categoria. Foram 28 dias de braços cruzados, tempo suficiente para deixar mais de 185 milhões de cartas e encomendas atrasadas. O TST (Tribunal Superior do Trabalho) determinou que a categoria voltasse ao trabalho hoje e tivesse as reivindicações atendidas pela ECT (Empresa de Correios e Telégrafos) no que diz respeito aos aumentos pedidos pelos trabalhadores. Eles verão um aumento real no salário (acima da inflação) de R$ 80 a partir de 1º de outubro e reajuste do salário e dos benefícios de 6,87% retroativo a 1º de agosto. Apesar disso, a categoria terá o equivalente a sete dias de descontos por causa da greve. Os demais 21 dias de paralisação, que serão compensados com trabalho extra nos fins de semana. No caso de descumprimento da determinação, a multa diária estabelecida foi de R$ 50 mil. Durante o julgamento do dissídio, o advogado da Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores de Empresas de Correios, Telégrafos e Similares), Gustavo Ramos, disse que os trabalhadores jamais tiveram a intenção de lesar a sociedade. No julgamento do dissídio coletivo pela SDC (Seção Especializada em Dissídios Coletivos), na terça-feira (11), os ministros chegaram a um consenso quanto à "pena" pela maior greve. O relator do processo, ministro Maurício Godinho Delgado, considerou a greve "não abusiva" e sugeriu que todos os dias não trabalhados fossem apenas compensados com trabalho extra, e não com o desconto no salário dos trabalhadores. Já o presidente do TST, ministro João Oreste Dalazen, defendeu o desconto de todos os dias parados. Segundo ele, a legislação determina que a empresa não tem obrigação de pagar pelos dias em que os serviços não foram prestados, pois a greve implica em uma quebra de contrato entre empresa e trabalhadores. Em relação às cláusulas financeiras, os ministros determinaram que sejam cumpridos os pontos do acordo firmado na primeira audiência de conciliação entre as partes. Ramos, da Fentect, sustentou que a greve foi pacífica e argumentou que a melhor forma de solucionar a questão dos dias parados é a compensação com trabalho, o que evitaria o pagamento de horas extras para que o serviço fosse colocado em dia. Normalização A entrega das cerca de 185 milhões de correspondências e encomendas atrasadas deve ser normalizada em um prazo de sete a dez dias, segundo os Correios. De acordo com o vice-presidente jurídico da empresa, Jeferson Carús Guedes, a empresa vai organizar escalas de trabalho ao longo das próximas semanas para colocar as entregas em dia. Segundo ele, a situação mais crítica é nas regiões metropolitanas e em alguns Estados, como o Pará. Quem espera por uma correspondência deve aguardar o prazo de dez dias. Caso a carta ou encomenda não seja entregue no prazo, o consumidor deve entrar em contato com a empresa. Segundo o serviço de atendimento ao cliente dos Correios, somente poderão ser localizadas as cartas registradas. .No serviço por telefone é possível localizar a agência em que o objeto está. Os canais para contato são: 3003-0100 - capitais, regiões metropolitanas e cidades - sedes de DDD e 0800 -725 7282 - válido para todas as demais localidades brasileiras. Indenização Se o consumidor teve prejuízo gerado pelo atraso na entrega de equipamentos de trabalho, por exemplo, entre outros casos, ele pode entrar com uma ação na Justiça alegando danos morais. Se o prejuízo for inferior a 40 salários mínimos (R$ 21.800), o processo pode correr nos JECs (Juizados Especiais Cíveis), mais conhecidos como "Pequenas Causas", onde o serviço é gratuito. O reclamante já sai do local com a data da primeira audiência de conciliação. 
Fonte:Agência da Notícia com R7

Aviso prévio maior passa a valer hoje

A partir desta quinta-feira (13), o funcionário que quer sair da empresa onde trabalha ou for demitido sem justa causa terá que cumprir aviso prévio de até 90 dias e não mais de 30. As novas regras foram publicadas no Diário Oficial da União e já passam a valer. O projeto, aprovado na Câmara no último dia 21, tramitava no Congresso desde 1989 e foi aprovado sem vetos pela presidenta Dilma Rousseff. O prazo do aviso aumenta proporcionalmente ao tempo de serviço prestado na mesma empresa. Além do direito aos 30 dias (já previsto em lei), o trabalhador terá direito ao acréscimo de três dias a cada ano de serviço, limitado a 90 dias de aviso prévio. Em caso de demissão voluntária, o empregado deve trabalhar pelo mesmo período ou ressarcir a empresa pelo tempo devido. Mas a empresa pode optar por liberar o empregado, sem ônus. De acordo com a Casa Civil, o novo prazo de aviso prévio vale para demissões que ocorrerem a partir de hoje. Não influencia quem pediu demissão ou foi demitido antes da vigência da nova regra. A Força Sindical diz que a lei permite que os trabalhadores que tenham sido demitidos sem justa causa nos últimos dois anos podem pedir o ressarcimento do equivalente a mais 60 dias do aviso-prévio além dos 30 iniciais. O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, disse que a entidade vai se basear no artigo 7º da Constituição, que prevê que o trabalhador tem até dois anos após sua dispensa para requerer seus direitos à Justiça. O sindicalista lembrou que, segundo dados do Ministério do Trabalho, cerca de 42 milhões de pessoas perderam emprego nos últimos três anos. - Boa parte desse contingente certamente terá direito ao aviso prévio de 90 dias. Paulinho disse ainda que considerou a medida "uma conquista dos trabalhadores, embora pequena". Para o presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Arthur Henrique da Silva, embora positiva, a medida não vai inibir a alta rotatividade no mercado de trabalho, principal objetivo da medida prevista na Constituição de 1988. Ele ressaltou que 40% dos trabalhadores demitidos têm menos de um ano de carteira assinada, porcentual que sobe para 60% para contratos de até dois anos. 
Fonte:Agência da Notícia

Após cobrar dívida, homem de 78 anos é brutalmente agredido em Canabrava do Norte

Justino Moraes da Gloria (78) procurou no último dia 11/10 a delegacia de polícia civil da cidade de Canabrava do Norte 76 Km de Confresa, para registrar um boletim de ocorrência contra Silvino Mariano Neto (54), por agressão. De acordo com as informações do B.O de nº 130/2011, o suspeito teria comprado parte de sua posse na gleba Rio Preto, que na data do dia 07/10 a vítima ao encontrar-se com o mesmo cobrou-lhe a divida, e invés de receber oque era devido, foi espancando brutalmente com chutes na cabeça e no rosto, o suspeito ainda o ameaçou de morte. Segundo os relatos da vítima, ele chegou a desmaiar com as agressões e quando teria acordado estava sozinho no meio do mato, ainda fraco atravessou o rio em uma canoa e teria caminhando cerca de 32 km até encontrar socorro no entroncamento da BR 158 que dá acesso a cidade de Canabrava do Norte. Justino Moraes da Glória foi encaminhando ao Hospital de Canabrava do Norte com sangramentos na boca e no intestino. A polícia está investigando o caso e o suspeito ainda não foi encontrado. Em depoimento a vítima disse que o agressor é muito perigoso e anda armado, o B.O foi registrado para as devidas providencias. 
Fonte:Agência da Notícia/Redação

TST determina fim de greve dos Correios

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu nesta terça-feira (11), durante julgamento do dissídio coletivo dos Correios, que a greve da categoria não é abusiva. Entretanto, o tribunal autorizou a empresa a descontar dos funcionários sete dos 28 dias não trabalhados. E determinou a volta ao trabalho a partir de quinta-feira, sob pena de multa. A decisão representa derrota aos trabalhadores, em greve desde o dia 14 de setembro. O principal entrave para um acordo era o desconto dos dias parados, que os Correios não abriam mão e os grevistas não aceitavam. Em seu voto, o relator do dissídio, ministro Mauricio Godinho Delgado, defendeu que os dias parados fossem totalmente compensados com trabalho pelos funcionários, já que a greve não foi considerada abusiva. Entretanto, a maioria dos ministros votou pelo desconto dos dias parados, total ou em parte, considerando uma jurisprudência do tribunal – que prevê desconto devido à suspensão do contrato de trabalho e, portanto, dos serviços -, além de um pré-acordo assinado na semana passada entre representante dos Correios e sindicalistas. Na oportunidade, a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) aceitou proposta dos Correios de desconto de seis dias parados, em 12 parcelas mensais de meio dia cada, a partir de janeiro. A proposta, porém, foi rejeitada pelos trabalhadores em assembléias. A proposta aprovada nesta terça-feira pelo tribunal, intermediária, prevê o desconto, de uma só vez, de sete dias e compensação de outros 21. Como os Correios já haviam cortado seis dias dos trabalhadores, referentes a setembro, falta descontar mais um. O TST fixou ainda o reajuste salarial da categoria em 6,87%, retroativo a 1º de agosto, além de aumento real de R$ 80 com validade a partir de 1º de outubro. Os índices já faziam parte da proposta negociada entre Correios e sindicato. O secretário-geral da Fentect, José Rivaldo da Silva, disse que não era possível avaliar se a decisão do TST significou prejuízo aos trabalhadores. Ele apontou, entretanto, que o sindicato tinha uma expectativa maior em relação à greve. Silva disse ainda que a decisão deixa uma lição aos trabalhadores. “O que ficou de recado aos trabalhadores é que é melhor negociar do que apostar no tribunal”, disse Silva, ao final da sessão.  
Críticas 
Ministros criticaram o impasse na negociação por conta dos dias parados. A vice-presidente do TST, ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, que na semana passada intermediou negociação entre as partes, disse que o sindicato e os trabalhadores “desrespeitaram o poder judiciário, a empresa e a sociedade” ao ignorarem os esforços por um acordo e insistirem no julgamento do dissídio por conta do desconto dos dias parados. O secretário-geral da Fentect, José Rivaldo da Silva, negou que o movimento tenha desrespeitado o TST. “A gente não considera que houve desrespeito ao tribunal. A gente tem um rito natural de como conduzir a greve e os trabalhadores. Durante esse período a greve não foi só por questão salarial. Os Correios hoje estão muito difícil de trabalhar”, disse.
Fonte:Agência da Notícia com G1

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Duplo homicídio em Vila Rica ainda é mistério

O município de Vila Rica voltou a figurar nas principais páginas dos jornais como um dos mais violentos do Estado no último domingo dia (09). O casal Benedito Fernando Rodrigues da Silva Arruda, 30 anos, e Nelcilene Ribeiro da Fonseca, 33, foram mortos de maneira cruel, as margens da BR 158, a 04 Kilometros da cidade, na entrada para Fazenda Aracati, próximo a unidade frigorífica, por volta da 05 horas da manhã. Segundo informações da polícia militar e civil, existem sinais de tiros em ambas as vítimas, provavelmente de calibre 38. Benedito teria recibo sete disparos, Nelcilene três. Segundo informou a Polícia Civil, o corpo de Benedito teria recebido várias pauladas e pedradas, a maioria na região da cabeça. A moto em que o casal estava, uma BROS preta, placa JVN-2564-VILA RICA-MT, foi deixada no local. Os corpos foram liberados pela funerária local, por volta das 23 horas de ontem (09). O corpo de Benedito foi levado para o estado do Maranhão, o nome do município não foi divulgado. Já o corpo de Nelcilene foi trasladado para a cidade de Santana do Araguaia-Pará, onde moram seus familiares. A Polícia Judiciária Civil de Vila Rica abriu as investigações, que por enquanto é mistério. 
Por: Radio Com. Eldorado FM

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Polícia Civil conclui inquérito da morte do prefeito de Novo Santo Antonio e prende mais 5

PJC-MT 
A Polícia Judiciária Civil responsabilizou sete pessoas pelo assassinato do prefeito de Novo Santo Antônio (1.063 km a Nordeste), Valdemir Antônio da Silva, conhecido como “Quatro Olho”, ocorrido no dia 23 de julho deste ano. Além dos executores já presos, mais cinco pessoas foram presas, nesta quinta-feira (06.10), na cidade de Goiânia (GO). A prisão foi efetuada pelo serviço de inteligência da Polícia Civil goiana no início desta tarde, com apoio da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Mato Grosso. Um dos presos é o advogado Acácio Alves Souza, 33, que havia conseguido revogar a prisão temporária, mas teve a prisão preventiva decretada no encerramento do inquérito policial, na sexta-feira (30.09) passada, junto com mais seis pessoas envolvidas no assassinato do prefeito. Em Goiânia, também foram presos o irmão do advogado, Claudio José Alves de Souza, 37, e Joseane Robisten Schumaher, 46, atual chefe de gabinete da Prefeitura de Novo Santo Antonio. Seu esposo, Elson Leal Pereira, 50, conhecido por “Jurupaca”, foi preso na cidade de Novo Santo Antônio. Todos foram presos por mandado de prisão preventiva requisitados pelo delegado, delegado de São Félix do Araguaia, Wilyney Santana Borges, que presidiu o inquérito policial. O sétimo envolvido, Valquir Ferreira Silva, foi preso por volta das 16 horas, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, pelo serviço de inteligência da Polícia Civil. Ele foi secretário de agricultura da gestão do prefeito assassinado. Sua participação no crime foi na logística e auxílio na fuga dos executores, com apoio de Claudio José Alves de Souza, irmão do advogado que também deu assistência para o cometimento do crime. Os executores Alexandre Silveira Barbosa, 35, o “Magrão ou Androide”, preso na cidade de Nova Xavantina, e Luciano Cavalcante Nascimento Vieira, 31 anos, o “Batata”, preso no município de Bom Jesus do Araguaia no dia 8 de agosto, continuam presos e agora preventivamente. Todos foram presos indiciados por homicídio duplamente qualificado e denunciados pelo Ministério Público Estadual. O delegado Wilyney Santana Borges explicou que o advogado Acácio, Josiane e seu marido Elson foram os autores intelectuais do crime. Eles planejaram, articularam e contrataram os pistoleiros para executar o prefeito Valdemir Antônio da Silva. “São provas testemunhais e técnicas tais como interceptação telefônica e quebra de sigilo bancário que comprovam a participação deles”, afirmou o delegado. A motivação, segundo o delegado, é política e pessoal envolvendo os três mentores do crime. Eles foram ouvidos e negam a participação. De acordo com Borges, no inquérito policial foram ouvidas mais de 60 pessoas entre testemunhas e acusados. O advogado Acácio Alves de Souza foi procurador do município nos primeiros anos da administração do prefeito Valdemir Antonio da Silva. Eles teriam se desentendido e o advogado acabou sendo demitido. Joseane teria discutido com o prefeito por conta de uma prova do concurso da prefeitura. Ela queria ter acesso as provas e foi negado. Os autos foram entregues à Justiça com 3 volumes e mais de 800 laudas, incluído interceptações e quebras de sigilo bancário e laudos periciais. As investigações ainda continuam, pois existe a suspeita de participação de mais pessoas no crime. “Foi tirado cópia de todos os procedimentos para continuarmos com o trabalho”, declarou Borges. 
O Crime 
O prefeito foi assassinato a tiros no dia 23 de julho, em sua residência. Os dois executores chegaram à pé na casa da vítima e atiraram três vezes no prefeito. “Os tiros foram desferidos a curta distância, basicamente a queima roupa”, disse o delegado Wilyney. Na casa estavam os dois filhos do prefeito e uma cunhada. No momento da execução, o filho do prefeito estava atrás do pai e ainda chegou a ver o braço do criminoso com o revólver apontado para seu pai. Por sorte não foi atingido porque conseguiu esconder atrás de uma caixa de som e depois correu para o banheiro. 
PJC-MT 

sábado, 8 de outubro de 2011

Depois da tragédia, Governo manda Defesa Civil para Confresa para socorrer atingidos

Foto agencia da noticia
Dois funcionários da Defesa Civil do Estado foram enviados a Confresa, para avaliar os danos do temporal que atingiu a cidade na noite da última terça-feira, e deixou um rasto de destruição. De acordo com dados da secretaria de Obras de Confresa, 14 casas ficaram totalmente destruídas e 250 danificadas. A tempestade atingiu Confresa na última terça-feira 04/10, com ventos de 100 km por hora, deixando um cenário nunca antes visto na cidade. O pedido de socorro partiu do prefeito Gaspar Domingos Lazzari, que, depois de resolver a situação imediata em que se encontrava a cidade, dirigiu-se para Cuiabá, onde acionou a defesa civil em busca recursos para ajudar as vítimas. A prefeitura municipal liberou no início da manhã da quarta-feira 05/10, o ginásio municipal para abrigar as vítimas da tragédia, onde há cerca de 12 pessoas de 3 famílias abrigadas, as mesmas receberam alimentação, remédios e todo o suporte necessário. 
Fonte:Agência da Notícia com Uasley Werneck

Corrida do Reizinho bate recorde de inscrições e vagas estão esgotadas

As mil inscrições para a 3ª edição da Corrida do Reizinho já estão preenchidas. Desde a última quarta-feira, houve uma outra corrida, desta vez de pais, para garantir a participação dos filhos na competição. Devido à procura intensa, as inscrições que começaram na última quarta-feira e tinham o término previsto para o dia 11 de outubro se esgotaram em apenas cinco dias. De acordo com a organização do evento, mil crianças entre 6 e 12 anos participarão da corrida que acontece no dia 16 de outubro, em Cuiabá. - A procura foi bastante intensa. É um recorde esse ano. As inscrições acabaram muito antes do esperado. Eram 14 dias, mas antes da metade desse tempo, as vagas se esgotaram. Isso mostra que a corrida está bem reconhecida em Cuiabá - , disse um dos coordenadores da corrida, Fernando Barros, ao GLOBOESPORTE.COM. 
saiba mais 
A Corrida do Reizinho é a versão mirim da Corrida de Reis e tem como objetivo motivar as crianças a praticar o esporte .No dia da prova, as crianças inscritas deverão chegar ao ginásio da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), às 7h para retirar a camiseta, o número de peito e a pulseira de identificação da criança. 
Percurso 
Durante a prova, as crianças estarão divididas em categorias por faixa etária. A faixa etária de seis anos conta com 100 atletas, 50 meninos e 50 meninas. De sete a 12 anos, são 150 atletas por categoria: 100 meninos e 50 meninas. 

Para as crianças de seis e sete anos, o percurso da prova será de 50 metros. Nas categorias de oito e nove anos o percurso será de 60 metros. As crianças que vão correr nas categorias de 10 e 11 anos o percurso será de 80 metros enquanto que as crianças de 12 anos correm o maior percurso da prova: 100 metros. 

Talento 

As crianças que garantiram vaga na Corrida do Reizinho este ano ganharam ao fazer a inscrição um desenho da Turma do Reizinho para pintar. Quem entregar o desenho colorido até o dia 14 de outubro na TV Centro América, terá seu desenho postado no hot site da Corrida do Reizinho. 
Por GLOBOESPORTE.COM Cuiabá