quinta-feira, 23 de maio de 2013

Programa vai substituir 7,5 mil geladeiras em MT

O programa Luz em Conta, desenvolvido pela Rede Cemat, vai substituir 7.500 geladeiras e 21 mil lâmpadas antigas por equipamentos novos e eficientes. As entregas da etapa 2013/2014 estão previstas para começar em junho e, dessa vez, o projeto irá contemplar moradores de todos os 141 municípios mato-grossenses. Para concretizar essa nova fase do projeto, a Cemat investirá R$ 6,2 milhões.

Para participar do projeto é necessário ser cadastrado na Tarifa Social de energia elétrica, estar regular junto à empresa e ter uma geladeira antiga. A seleção das famílias que serão contempladas já começou e está sendo feita em parceria com as prefeituras dos municípios. Em todas as cidades, equipes têm realizado
pesquisas para encontrar unidades consumidoras que se enquadrem nos critérios de participação. Apenas em Cuiabá e Várzea Grande as entrevistas com a população estão sendo feitas por uma empresa do ramo de pesquisas.

Criado em 2004, o Luz em Conta foi implantado definitivamente em 2007, com o objetivo de reduzir o consumo de energia elétrica das famílias da baixa renda. As famílias selecionadas recebem uma geladeira de 261 litros e lâmpadas de 20 watts (W). Com a troca dos equipamentos por outros novos é possível reduzir consideravelmente o valor da fatura de energia elétrica. Até a edição anterior, concluída em 2012, o projeto já havia substituído quase 25 mil geladeiras e mais de 81 mil lâmpadas.

De acordo com o coordenador de Eficiência Energética da Cemat, Ronan Ribeiro Carvalho, o programa busca mostrar à sociedade a importância e a viabilidade econômica de ações de combate ao desperdício de energia. “Além de realizar a troca dos equipamentos, o que já garante economia para a residência, também entregamos cartilhas e buscamos orientar as famílias para que pratiquem o uso racional da energia elétrica, por meio de cuidados simples no cotidiano”, disse o coordenador.

Uma das características do projeto é o ganho ambiental que ele proporciona. As geladeiras e lâmpadas antigas são enviadas para uma empresa de reciclagem, que fica responsável por dar um destino correto aos equipamentos. A reciclagem das geladeiras exige cuidado. Primeiramente, é preciso retirar o clorofluorcarbono (CFC) contido nos aparelhos e armazená-lo em cilindros. Somente depois disso, os refrigeradores podem ser reciclados. Dessa forma, o Luz em Conta tem contribuído para evitar que as geladeiras velhas sejam descartadas em qualquer lugar. Muitas vezes, elas são deixadas em terrenos baldios, onde se transformam em entulho e liberam CFC para o meio ambiente.

O Luz em Conta integra o Programa de Eficiência Energética (PEE) da Cemat. Segundo a lei 9.991/2000, as empresas concessionárias de energia elétrica devem aplicar um percentual mínimo da receita operacional líquida em PEE, de acordo com regulamentos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
Mídia News

Nenhum comentário:

Postar um comentário