quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Semana Mundial de Aleitamento Materno começa amanhã

A Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT) realiza quinta-feira (01) o Seminário Estadual de Abertura da Semana Mundial de Aleitamento Materno 2013 e o Lançamento do Projeto Agosto Dourado. O evento acontece em período integral no auditório do Conselho Regional de Farmácia em comemoração a Semana Mundial de Aleitamento Materno, de 1º a 07 de agosto. 

Segundo a técnica da área da Mulher e da Criança da SES, Aline Régia, a novidade este ano é o lançamento do projeto “Agosto Dourado”, que tem como objetivo destacar durante todo o mês os benefícios do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida e da alimentação complementar e saudável. A escolha da cor dourada faz alusão ao “Gold Minute” (minuto dourado), que relembra a importância do aleitamento materno se iniciado logo após o nascimento do bebê. 

O seminário faz parte das atividades que marcam a Semana Mundial de Amamentação. Em Mato Grosso, a secretaria Saúde tem como parceiros para as atividades da semana as secretarias municipais de Saúde dos 141 municípios. Em todo o estado, os 16 Escritórios Regionais de Saúde da SES se reúnem às secretarias dos municípios na promoção de atividades que demonstrem a necessidade da amamentação logo após o nascimento. 

BENEFÍCIOS DO ALEITAMENTO - Os beneficiados do aleitamento materno na primeira hora após o nascimento são tanto para a mãe como para o bebê. O aleitamento materno chega a salvar vidas, além de proteger mais o bebê contra doenças; ajudar a mulher a ter leite mais rapidamente, e auxilia nas contrações uterinas, diminuindo o risco de hemorragia. 

O leite materno é o único alimento capaz de oferecer todos os nutrientes na quantidade exata de que o bebê precisa para seu crescimento e desenvolvimento, razão pela qual não deve ser substituído. A amamentação também garante ao bebê proteção contra infecções, alergias e outras doenças. A mulher que amamenta tem menos chances de desenvolver anemia, câncer de mama e diabetes, pela diminuição do sangramento pós-parto. 

O ato de amamentar ainda contribui para que a mãe perca mais rapidamente o peso que ganhou durante a gravidez, bem como o ato de sugar é importante para o desenvolvimento da face, da dentição e da fala da criança e para a sua respiração. Além de saúde, a amamentação fortalece o vínculo afetivo entre mãe e filho. O apoio do pai, bem como de toda a família, dos vizinhos, dos amigos, dos profissionais de saúde e dos colegas de trabalho à mulher que amamenta é fundamental para garantir o aleitamento exclusivo (sem água, chá ou suco) nos seis primeiros meses de vida do bebê, complementado gradualmente com outros alimentos saudáveis até os dois anos ou mais.
Por: Diário de Cuiabá

Nenhum comentário:

Postar um comentário