terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Branco Barros lança música que homenageia Dom Pedro Casaldáliga

Branco Barros chegou em São Félix do Araguaia, Mato Grosso, no início dos anos 80. O artista veio tocar em um evento de carnaval e se apaixonou pelo lugar e pelas pessoas. “Fiquei de vez”, diz o cantor, “na época já criava minhas próprias canções, os temas sempre abordando meio ambiente – assunto não muito relevante na época – causas sociais e políticas”.
Vivendo aqui, Branco desenvolveu parcerias importantes com a Ansa – Associação de Educação e Assistência Social Nossa Senhora da Assunção, com a Pastoral da Criança e com o Ministério da Cultura. O artista estreitou seus laços com a Prelazia de São Félix do Araguaia através do Padre Paulo.
Nesta semana Branco divulgou a canção Pedro, que homenageia o bispo emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia. A canção é de autoria de Antônio Miranda, atual secretário de Meio Ambiente e Turismo de São Félix do Araguaia, cunhado de Branco, que por sua vez, musicou a canção.
Pedro, uma inspiração
Esta não é a primeira vez que Pedro inspira a arte de Branco. “O meu primeiro CD Awyre tem uma canção, Terra Prometida, também dedicada a ele. Fiz um show no Sesc Arsenal Cuiabá e Rondonópolis onde o homenageamos”.
A admiração de Branco por Pedro se torna visível ao vê-lo cantar Pedro, “o guerreiro que peitou os latifúndios, defende posseiros e indígenas”, define. “Eu o admiro muito! Como religioso, sinto uma paz, uma força! É um exemplo sua história de luta, convivência com os humildes e simplicidade”.
Reconhecido mundialmente, Dom Pedro Casaldáliga é um ícone da luta pela justiça social. Mas aqui no Araguaia ele é Pedro, simples e sem formalidades. Aquele que “chegou de mansinho/ Corpo franzino/ Passos firmes no chão / O caminho a seguir já sabia/ Trazia guardado no coração”, como diz a canção Pedro.
Nestes 44 anos em que vive na região do Araguaia, Pedro tem dedicado sua vida às suas causas, que após tanto trabalho, ainda são as mesmas: a redução das desigualdades sociais, o fim do trabalho escravo, o fim da discriminação de gênero e raça, o respeito às legislações que protegem o meio ambiente e os povos que dele dependem para sobreviver, o respeito aos povos indígenas e sua dinâmica cultural e ambiental, uma Igreja mais solidária e afinada com os ensinamentos de Jesus Cristo, enfim, uma sociedade fundada no amor.
No dia 16 de fevereiro Pedro completou 86 anos. Apesar de tantas conquistas, ainda hoje Pedro é ameaçado de morte. Um pensamento tão revolucionário não poderia mesmo ser unânime. Se todos amassem Pedro, a vida e a história de Pedro não teria sentido ou a paz já teria existido.
Talento e compromisso social
Assim com Pedro, Branco tem muitas facetas: canta as belezas do Araguaia e a riqueza das culturas indígenas, mas não deixa de ter uma visão crítica da política e desigualdades sociais.
Viver de arte não é fácil em lugar nenhum, e em São Félix do Araguaia não poderia ser diferente. Foi por essa dificuldade que Branco colocou o pé na estrada, e há quase trinta anos transita entre Cuiabá, Araguaia e Tocantins. Atualmente o cantor vive em Cuiabá, onde trabalha à noite.
Mas nem só de apresentações se faz um artista comprometido. Branco tem se dedicado também a ensinar o que sabe, e já pode ver os frutos de seu trabalho. “Nos últimos dez anos parti para o voluntariado ensinei muitas crianças. Hoje muitos deles já atuam como profissionais de música”, diz satisfeito.
A caminhada de Branco já rendeu também a gravação de 2 CDs, Awyre e Awyre 2. Agora Branco está trabalhando em um novo trabalho, o DVD Eclético. O cantor afirma que sua trajetória está muito ligada aos festivais de música, “por conta da dificuldade que a música alternativa encontra. Nas rádios e na TV hoje só tem músicas descartáveis. Como não é o nosso caso, temos que apelar para outros meios de divulgação, como a Internet”. Aos poucos, Branco tem divulgado na rede parte do DVD Eclético, que deverá ser lançado no final de março em Cuiabá e nas cidades da região do Araguaia.

E para quem quer desde já matar um pouco a saudade deste artista, ouça a música aqui e inspire-se também na vida de Pedro. 

video


Por: Axa

Nenhum comentário:

Postar um comentário