Governo reconhece emergência em mais 20 cidades para receber verbas

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu a situação de emergência em 20 cidades de Mato Grosso devido as forte chuvas nos primeiros meses do ano. A portaria publicada, ontem, assinada pelo secretário Adriano Pereira Júnior, aponta Alta Floresta, Alto Paraguai, Apiacás, Brasnorte, Castanheira, Comodoro, Cotriguaçu, General Carneiro, Guarantã do Norte, Juara, Marcelândia, Nortelândia, Nova Ubiratã, Novo Santo Antônio, Paranaíta, Poxoréu, Santa Carmem, Santo Afonso e Tapurah.
O reconhecimento da situação de emergência é dos principais passos para que as cidades recebam verbas do governo federal, para os danos causados pelas chuvas. Agora, o Ministério da Integração Nacional, com base nas informações obtidas e na sua disponibilidade orçamentária e financeira, definirá o montante de recursos a ser disponibilizado para a execução das ações especificadas. A transferência dos recursos se dá mediante depósito em conta específica.
Entre os principais danos causados pelas chuvas estão a danificação de pontes e estradas. No momento mais crítico comunidades também ficaram isoladas e cidades produtores tiveram prejuízos com safra de soja. Em Nova Mutum, por exemplo, que já teve decreto reconhecido, produtores somaram estragos de até 30% nas lavouras.
Por: Só Notícias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Divulgado gabarito da prova do Ensino Médio Integrado do IFMT

Discussão leva à tentativa de homicídio em Canabrava do Norte com um tiro na boca

Candidatos têm até dia 15 de agosto para se inscrever no concurso da Seduc