quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Aplicativo recebe 257 denúncias por crimes eleitorais em Mato Grosso

Quatro meses após ser lançado em Mato Grosso, o aplicativo Pardal registra o recebimento de 257 denúncias por crimes eleitorais até esta segunda-feira (25.08). O sistema, disponibilizado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), permite envio de denúncias via smartphones android e web e já foi baixado por cerca de 2 mil usuários de diversos municípios mato-grossenses.
As denúncias, que foram enviadas por eleitores de diferentes regiões do Estado, devem servir de suporte para os juízes e Ministério Público analisarem a conduta dos candidatos nas eleições deste ano. Da temática correspondente na estatística, 60% são denúncias por propagandas e banners, 14% definidas como "outros", 9% por uso da máquina administrativa, 5% por compra de votos, 5% por propaganda em Site da Internet e 4% por propaganda nas redes sociais.
Das 257 denúncias recebidas pela Ouvidoria Eleitoral por meio do aplicativo Pardal, 117 foram enviadas por eleitores de Cuiabá. Os demais registros vieram de outros 40 municípios, como por exemplo: Várzea Grande, Sinop, Pontes e Lacerda, Cáceres, Confresa, Tangará da Serra, Acorizal, Alta Floresta, Chapada dos Guimarães, entre outros.
Por enquanto, as denúncias recebidas pelo TRE via aplicativo Pardal foram responsáveis por originar 29 processos na Justiça Eleitoral. Desses, 11 foram arquivados por falta de consistência de provas. Atualmente, 2 denúncias estão em tramitação na Corte e 16 nas zonas eleitorais.
No Brasil, o sistema Pardal só é utilizado em dois Estados, sendo que Mato Grosso é o segundo a dispor da ferramenta.  Ele foi desenvolvido pela Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional do Espírito Santo (TRE-ES), que disponibilizou e autorizou o uso do aplicativo ao Tribunal mato-grossense. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pretende adotar a plataforma nas próximas eleições em âmbito nacional.
“Contamos com a parceria da sociedade no combate a corrupção eleitoral. Por isso, convocamos a todos os cidadãos que nos auxiliem na realização de um pleito transparente, igualitário e democrático”, ressaltou o presidente do TRE, Desembargador Juvenal Pereira da Silva.
O Pardal está disponível para download gratuito na loja virtual Play Store para smartphones do sistema Android ou diretamente no site: www.tre-mt.jus.br, no banner Pardal.  No primeiro caso, para a busca do aplicativo, o cidadão deve digitar “TRE-MT”.
Por: TRE/MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário