sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Mandados de prisão desarticula quadrilha de furto de gado no Vale do Araguaia

Uma quadrilha especializada em furto de gado que operava em todo o vale do Araguaia foi desarticulada pela Polícia Civil, em ação conjunta da Delegacia de Araguaiana, no Leste do Estado, Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) e Núcleo de Inteligência de Barra do Garças. Seis pessoas tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos na operação.

Foram presos: Nelson Souza da Silva, 31, o "Nelsinho", Wenderson Pereira Brito, 28, conhecido como "Janio", Alcione Vieira Brito, 23, Giovani Cardoso 29, Divino Antônio de Araújo, 60 e Rodrigo Martins de Freitas, 33, apontados como integrantes de uma organização criminosa que tinha como principal atividade o furto de gado.

Os mandados foram cumpridos dentro do presídio Major Josi, em Água Boa, onde estavam presos, desde agosto deste ano.

As investigações iniciaram após o furto de 27 novilhas da Fazenda Córrego Grande, em Araguaiana, no dia 09 de agosto. Os assaltantes arrombaram o cadeado da porteira e cortaram a cerca para entrada do caminhão gaiola até o curral, onde fica o embarcador. O furto foi comunicado à Polícia e a Perícia Técnica (Politec) foi acionada, que encontrou no local um pedaço de madeira, que quebrou do caminhou enquanto era abastecido com o gado.

Na sequência, o delegado que preside as investigações Wilyney Santana Borges, foi informado pela delegada de Água Boa, Luciana Canaverde, que uma quadrilha de furto de gado era monitorada no município e que os suspeitos possivelmente seriam os mesmos que efetuaram o furto na fazenda de Araguaiana. Através da troca de informações entre as Delegacias, foi possível no dia 21 de agosto a prisão de 4 integrantes da quadrilha em situação de flagrante, durante o furto de 19 novilhas praticado na fazenda Kaiari, em Água Boa.

Na ocasião, o motorista do caminhão gaiola foi detido ainda com o gado embarcado e os outros integrantes da quadrilha foram interceptados pelos investigadores da Derf em uma caminhonete Ranger, já na entrada da cidade de Barra do Garças/MT. Com os acusados, foi apreendido traias de arreio, uma espingarda de pressão adaptada para disparo calibre 22 e rádios amadores de comunicação.

Agência da Notícia com 24 Horas News

Nenhum comentário:

Postar um comentário