quinta-feira, 18 de julho de 2013

Após um ano suspenso, concurso será realizado dia 21


A expectativa dos candidatos do concurso da Polícia Federal é grande. Após quase um ano de suspensão do certame, no próximo domingo (21) serão realizadas as provas para preenchimento das 600 vagas destinadas aos cargos de delegado (150), perito criminal (100) e escrivão (350). Os salários - que variam de R$ 7 mil a mais de R$ 14 mil - são responsáveis pela motivação de concurseiros em busca da estabilidade financeira. O concurso que havia sido suspenso em agosto de 2012, sofreu as devidas retificações em seu edital.

A preparação dos candidatos ocorre há algum tempo, em vistas destes já estarem em ritmo acelerado nos estudos, antes mesmo da suspensão do certame. Segundo o diretor Geral do Curso Preparatório LFG (Anhanguera) em Mato Grosso, Rodolfo Maranhão, a procura por cursos direcionados aos cargos teve início no final de 2011. “Contudo, grande parte dos candidatos já iniciou a preparação há mais de dois anos, com uma rotina diária de estudos”.

Para os concursos da Polícia Federal 2013 as aulas no LFG iniciaram em janeiro. Mas em 25 de maio teve início ao curso Reta Final, onde os candidatos possuem conteúdos programáticos que possibilitam a eles uma revisão geral das disciplinas comuns e específicas para os cargos escolhidos.

Apesar da frustração por conta da suspensão do certame em 2012, os candidatos garantem que o lapso de quase um ano para a efetivação do certame proporcionou um maior preparo.

“Houve certa ansiedade, em razão da suspensão ano passado, contudo me sinto mais preparado para garantir uma vaga para Delegado, este ano. Afinal, reforcei muito mais meus estudos, avançando em meu preparo”, confessou o consurseiro Alison Andrade.

Remuneração

Para o cargo de delegado federal as 150 vagas constam como vantagens da função o salário de R$ 13.368,68 mensal e a jornada de trabalho de 40h semanais. Entre as atividades a serem desenvolvidas pelos contratados estão a instauração de procedimentos de investigação, orientação e comando; supervisão e execução de missões de caráter sigiloso; participação na execução de medidas de segurança orgânica, entre outras.

O cargo de Perito Criminal Federal (100) terá lotação, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima e em unidades de fronteira.

Na função de Escrivão a remuneração será de R$ 7.514,33 em jornadas de 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva para dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais, entre outras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário