TAPIRAPE FM

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Sistema sai do ar e obriga Indea estender prazo de comunicação


As constantes quedas do sistema informatizado, que fica congestionado em função do grande número de acessos, fez o Indea prorrogar o prazo para comunicação da segunda etapa de imunização contra a febre aftosa para a próxima sexta (13). O prazo inicial encerraria na terça (10), o que impossibilitaria grande parte dos pecuaristas do Estado de cumprir com a obrigação sanitária.
O diretor Técnico do Indea, Marcos Catão, reconheceu que no ultimo dia (6) o sistema amanheceu fora do ar. Entretanto, garantiu que os técnicos do Cepromat conseguiram restabelecer a conexão por volta das 9h.
Segundo Catão, o congestionamento ocorre porque muitos pecuaristas aguardam o prazo final para comunicar a imunização do rebanho. “A questão é cultural, como no período de declaração do imposto de renda. Por isso, decidimos prorrogar o prazo”, explicou.
A segunda etapa da imunização aconteceu entre os dias 1º e 30 de novembro deste ano. Nesta fase, são vacinados bovinos e bubalinos, de mamando a caducando. A expectativa é imunizar mais de 28 milhões de cabeças em aproximadamente 100 mil propriedades rurais. Quem não vacinar será multado em 2,25 Unidades de Padrão Fiscal (UPF) por cabeça, o que representa R$ 230,28. Quem vacinar, mas não comunicar ao instituto até o prazo estabelecido vai receber uma suspensão e ficará impedido de realizar qualquer movimentação de animais por um período de 30 dias.
Por: RD NEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário