terça-feira, 28 de outubro de 2014

Após 76 dias, estudantes de medicina decidem encerrar greve na Unemat

Os estudantes de medicina da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), campus de Cáceres, município distante 220 km de Cuiabá, encerraram nesta segunda-feira (27) a greve que durou 76 dias. O movimento chegou ao fim após a convocação enviada pela reitoria da universidade exigindo o retorno às aulas a partir desta terça-feira (28).

A paralisação teve início em 13 de agosto como uma forma de protesto contra a falta de estrutura do curso. Dentre as reivindicações estão melhorias na qualificação dos professores, aquisição de livros para a biblioteca da unidade e de peças anatômicas para estudos, além da apresentação de um projeto pedagógico completo. Os estudantes reclamam que as reivindicações não foram atendidas, mas avaliam que "o fim da greve não implica no fim da busca por melhor qualidade de ensino", conforme consta de uma nota publicada pelos alunos.

A universidade, no entanto, explica que a retomada das aulas é em consequência de uma sessão de conciliação e mediação firmado entre a reitoria, acadêmicos e representantes do Sindicato dos Médicos do Estado de Mato Grosso com relação às reivindicações dos alunos e às medidas tomadas pela gestão da Unemat após essa sessão.

Durante o período de greve, os estudantes participaram de reuniões com a reitoria, com deputados estaduais, com o governador Silval Barbosa (PMDB) e com o governador eleito Pedro Taques (PDT). Entre os dias 12 e 15 de setembro foi realizada uma audiência de conciliação no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania, no Fórum de Cáceres, onde a Unemat garante que atendeu as reivindicação dos estudantes.

Segundo a  Unemat, após uma deliberação coletiva com professores, reitoria e coordenação do curso ficou decidido que as atividades acadêmicas devem ser retomadas nesta terça-feira. A instituição enviou um e-mail para os alunos informando da volta às aulas e também sobre o calendário de reposição.

Por conta da greve, a coordenação do curso de medicina elaborou o calendário onde prevê que as reposições das aulas deverão ser concluídas até o dia 7 de abril de 2015, sem prejuízo de conteúdo. Também haverá período de recesso e férias entre os dias 22 de dezembro deste ano até o dia 2 de fevereiro de 2015.


O curso de medicina na Unemat, campus de Cáceres, foi criado no ano de 2012 e, segundo os alunos, os problemas de falta de estrutura vêm desde a criação da graduação. Atualmente o curso conta com cinco turmas e cerca de 140 alunos.

Por:  Do G1 MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário