segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Tetra: Cruzeiro vence Goiás e é campeão brasileiro de 2014

Foi mais sofrido do que a torcida podia imaginar. Mas o Cruzeiro conquistou neste domingo o título do Brasileirão 2014 com duas rodadas de antecedência. Com o gramado encharcado por causa da chuva, o time celeste derrotou o Goiás, por 2 a 1, e pôde comemorar diante de mais de 50 mil torcedores o quarto título brasileiro, o segundo de forma consecutiva.
A partida foi difícil para o Cruzeiro, que saiu na frente e sofreu o empate, mas conseguiu virar a partida na etapa final. Com gols de Ricardo Goulart e Everton Ribeiro, o time celeste foi 76 pontos, manteve os sete pontos diferença e não pode mais ser alcançado pelo segundo colocado, São Paulo. Nas rodadas finais, enfrenta Chapecoense e Fluminense apenas para cumprir tabela.

A confirmação do título neste domingo dá mais tranquilidade para o Cruzeiro se dedicar apenas à final da Copa do Brasil na próxima quarta-feira, contra o rival Atlético-MG, no Mineirão. Depois de ter sido derrotado no jogo de ida por 2 a 0, o time celeste terá de vencer por três gols de diferença ou devolver o placar e levar a decisão para os pênaltis. 
O Goiás permaneceu com 44 pontos e caiu para o 13º lugar. O time goiano ainda precisa pontuar nas rodadas finais, contra Atlético-PR e Chapecoense, para não correr risco no final da competição.
Fases do jogo
Mesmo com o gramado pesado, o Cruzeiro conseguiu se impor no início da partida, pressionou o adversário e abriu o placar aos 12min. Mayke desceu em velocidade pela direita e cruzou para a área. Ricardo Goulart desviou de cabeça e mandou na bola no canto direito de Renan. Apesar do apoio da torcida, o time celeste foi surpreendido pelo Goiás, que empatou a partida aos 22min. Depois de uma cobrança de falta, a zaga mineira não cortou e a bola sobrou para Samuel, que chutou no canto superior esquerdo de Fábio. 
O Cruzeiro voltou a encontrar dificuldade no segundo tempo. Apesar da pressão dos donos da casa, o Goiás explorava os contra-ataques e chegava com perigo. O time celeste voltou a usar um de suas principais armas: a bola área. Willian fez boa jogada pela esquerda e cruzou na medida para Everton Ribeiro, que cabeceou para colocar a equipe mineira à frente novamente.

O final da partida foi dramático para o Cruzeiro, que sofreu forte pressão do Goiás. O goleiro Fábio voltou a fazer a diferença e assegurou o título celeste com defesas precisas.
Fonte: Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário