sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Polícia Civil prende autor de homicídio bárbaro em Alto Boa Vista

Um homem foi preso pela Polícia Judiciária Civil, no município de Alto Boa Vista (1.059 km a Nordeste), na quarta-feira (17.12), logo após cometer um homicídio bárbaro que chocou a região. O acusado, Giudásio de Jesus Andrade, 51, foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado, durante ação conjunta dos policiais civis de Alto Boa Vista, Polícia Militar e Politec da Regional de Confresa (1.160 km a Norte).  
Segundo as investigações, o suspeito usando de requinte de crueldade, decapitou um homem e jogou seu corpo despido em um poço no Distrito de Espigão do Leste, região de São Félix do Araguaia. O crime aconteceu na madrugada de terça-feira (17.12), motivado por uma divida de R$ 100, da vítima, Cleomir Aparecido Cunha, 28, com o acusado.
De acordo com o delegado de polícia, Marcello Henrique Maidame, a vítima recusou a pagar a divida e ainda efetuou um disparo de arma de fogo contra Giudásio. Como vingança, o acusado desferiu vários golpes de enxadas na cabeça de Cleomir, e com uma faca decapitou a cabeça da vítima. O acusado jogou o corpo sem as roupas, em um poço usado como reservatório de água, mesmo local onde se originou a discussão.
Em seguida, o criminoso fugiu porém acabou sendo localizado em menos de 24 horas, no meio da mata na região denominada “Macuco”. O preso foi conduzido a Delegacia de Polícia, onde foi autuado em flagrante por homicídio qualificado. O delegado Marcello Henrique Maidame representou pela prisão preventiva do acusado.
Participaram da ação o investigador de polícia Francisco Assis f. Melo, os policiais militares Álvaro Campos de Oliveira e André Alves dos Santos, e os peritos criminais Paulo Geovany, Pablo Henrique e Samuel Santos, que não mediram esforços para a elucidação do caso.

Por: PJC-MT

Nenhum comentário:

Postar um comentário