sábado, 28 de março de 2015

Cresce inadimplência com cheques sem fundos

De acordo com o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos, em fevereiro deste ano o percentual de cheques devolvidos foi de 2,19%. No mês anterior, o número foi de 2,06%, enquanto no mesmo período do ano passado a porcentagem foi ainda menor, 1,99%.

Segundo os dados divulgados pela empresa, o resultado encontrado em 2015 já é um recorde para o mês de fevereiro desde 2009, quando o mês teve o maior percentual de cheques devolvidos da história, chegando a 2,32%. Naquela época, no entanto, o principal motivo pelo aumento da inadimplência eram os efeitos dos impactos recessivos da crise financeira que o mundo inteiro estava passando, iniciada em 2008.

Motivos para a inadimplência atual

Os economistas da entidade também analisaram os dados chegando à conclusão de que a alta na inadimplência com os cheques reflete principalmente as dificuldades que os consumidores têm enfrentado com a alta da inflação, aumento do desemprego e as contínuas elevações também nas taxas de juros.

Entre os estados que apresentaram a maior porcentagem de cheques devolvidos, o Amapá está na liderança do ranking para o primeiro bimestre deste ano, chegando a 19,29%. Já entre aqueles que tiveram o menor índice de devolução, São Paulo se destaca com apenas 0,91%. No ranking de regiões mais inadimplentes, o Norte ficou em primeiro lugar com 6,73% de cheques devolvidos, enquanto o Sudeste teve o menor percentual, apenas 1,28%.

Evite fraudes

Possuindo um certificado digital, como o e-CPF para as pessoas físicas e o e-CNPJ para as pessoas jurídicas, é possível fazer transações financeiras com mais segurança e eficiência no meio online. Ele é uma assinatura digital que fornece autenticidade de informações. 

| Escrito por Aileen Rosik para Água Boa News

Nenhum comentário:

Postar um comentário